• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Simeone adota cautela no Atlético de Madrid e prevê 'linda final' da Liga Europa

  • COMPARTILHE
Esportes

Simeone adota cautela no Atlético de Madrid e prevê 'linda final' da Liga Europa

O técnico do Atlético de Madrid, Diego Simeone, se mostrou tranquilo durante a entrevista coletiva desta terça-feira, véspera da final da Liga Europa contra o Olympique de Marselha - as equipes decidem a taça nesta quarta-feira, às 15h45 (de Brasília), em Lyon, na França.

Definitivamente é um novo homem, o oposto dos tempos de volante, quando distribuía carrinhos e pontapés e também falava o que pensava. Nesta terça, ele tratou de destacar o bom futebol apresentado pelas duas equipes ao longo da temporada e avisou que todos assistirão a um grande jogo.

"Vamos jogar uma nova final onda aparecem muitos sentimentos, muitas emoções, muita ilusão, mas, sobretudo, muita humildade. É preciso ter humildade em um momento como este. Será uma partida bonita de futebol e uma linda final", afirmou o treinador.

Simeone está tranquilo também porque tem todos os titulares à disposição, inclusive o lateral-esquerdo brasileiro Filipe Luis, convocado por Tite para a Copa do Mundo. "Desde novembro que não conseguimos contar com todos os jogadores. É uma alegria e também uma tristeza porque terei que deixar alguém de fora. Agora preciso definir quem jogará amanhã", despistou o treinador.

Sobre o adversário, o treinador argentino destacou a força ofensiva. "São fortes na bola parada. Têm laterais que são ofensivos, têm um meio de campo jovem. É uma equipe preparada, que tem um treinador tem feito um trabalho exemplar até aqui", afirmou o treinador.

Desde que assumiu o Atlético de Madrid, Simeone levantou quatro importantes troféus. O da Liga Europa ele tentará erguer pela segunda vez. A primeira foi na temporada 2011/2012. O treinador também conquistou a Supercopa da Uefa (2012), o Campeonato Espanhol (2013/2014) e a Copa do Rei (2012/2013).

"A experiência é um dado importante, mas não influencia muito a partida. Temos que impor nosso jogo, porque será uma decisão intensa. Cada um tem sua forma de jogar e acredito que as equipe são similares em muitos aspectos", finalizou.