• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Terceiro no grid, Lewis Hamilton faz pouco caso do domínio da Red Bull em Mônaco

  • COMPARTILHE
Esportes

Terceiro no grid, Lewis Hamilton faz pouco caso do domínio da Red Bull em Mônaco

Lewis Hamilton não demonstrou frustração por largar em terceiro lugar no GP de Mônaco, que vai ser realizado neste domingo. Líder do Mundial de Pilotos com 95 pontos, o piloto inglês afirmou que prefere que a Mercedes tenha o melhor carro na maior parte das etapas do campeonato em vez de dominar uma corrida isolada, como é o caso da Red Bull nas ruas de Montecarlo.

"Nós sabíamos o que ia acontecer neste fim de semana. Não nos sentimos felizes, mas é apenas uma corrida. Nós temos 21 GPs, então os engenheiros devem ser espertos para garantir que o carro funcione na maior parte deles e só há alguns circuitos lentos", ponderou o piloto em entrevista coletiva após o treino de classificação, realizado neste sábado.

A vitória na etapa anterior da temporada, no GP da Espanha, foi usada de exemplo por Lewis Hamilton para projetar o restante da temporada. "Não nos importamos se a Red Bull é mais rápida aqui porque esperamos ter vantagem em lugares como Barcelona. Há mais corridas como em Barcelona, circuitos de média velocidade, então vamos tentar capitalizar neles", disse o inglês.

Chefe da Mercedes, o alemão Toto Wolff explicou que a equipe arriscou no Q2 do treino de classificação o uso de pneus ultra macios, sem sucesso, e por isso voltaram a usar os hiper macios no Q3. Enquanto Lewis Hamilton garantiu a terceira colocação, o finlandês Valtteri Bottas vai largar apenas em quinto.

"A aderência favorecia os compostos mais duros. Foi um pouco otimista, mas pelo menos tentamos algo diferente, mesmo que não tenha dado certo. Todo mundo sabe que é difícil ultrapassar aqui. Domingo será um dia para limitar o prejuízo e buscar oportunidades", afirmou Toto Wolff.

PUNIÇÃO - Romain Grosjean, da Haas, foi punido com a perda de três posições no grid do GP de Mônaco por envolvimento em um acidente no GP da Espanha. Na ocasião, o piloto francês causou uma batida na primeira volta da corrida de Barcelona. Por isso vai cair de 15.º para 18.º na largada em Montecarlo.