• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Com ânimo renovado, Santos recebe o Internacional por afirmação da boa fase

  • COMPARTILHE
Esportes

Com ânimo renovado, Santos recebe o Internacional por afirmação da boa fase

Em recuperação no Campeonato Brasileiro e na tentativa de confirmar o bom momento que vive, o Santos recebe o Internacional neste domingo, às 19 horas, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, em duelo da 11.ª rodada da competição, a penúltima antes de o torneio parar para a disputa da Copa do Mundo na Rússia.

Bastaram uma goleada sobre o Vitória - com direito a show de Rodrygo - e um empate conquistado com um bom desempenho no clássico contra o Corinthians para o ambiente mudar completamente no Santos. A equipe ganhou confiança e, segundo o técnico Jair Ventura, está em plena evolução. Mesmo assim, o time alvinegro soma 10 pontos e está colado na zona de rebaixamento.

A partida poderia marcar o reencontro do time da Vila Belmiro com o lateral-direito Zeca. Mas o jogador, agora titular no Internacional, sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda e virou baixa de última hora do time colorado para encarar a equipe que o revelou.

"A gente se uniu, jogadores se uniram. Os únicos responsáveis eram a gente e fizemos por merecer. Nos unimos, trabalhamos. A situação incomodava a todos. Mesmo que momentaneamente, vemos atitude, postura diferente, principalmente jogando fora, algo que todos cobravam", disse o treinador santista.

O principal personagem nesse novo bom momento da equipe alvinegra é o jovem Rodrygo. O atacante de 17 anos, desejado por Barcelona e Real Madrid, balançou as redes três vezes contra o vitória e deu a assistência para o gol de Victor Ferraz que garantiu o empate contra o Corinthians.

Como o rendimento tem agradado, Jair Ventura não deverá mexer no time, com três volantes e três atacantes. Os desfalques são os mesmos: os volantes Alison e Victor Yan, o meia Vitor Bueno, e os atacantes Arthur Gomes e Yuri Alberto. Todos estão machucados e só devem voltar aos gramados após a Copa do Mundo.

Daniel Guedes também é outra baixa. O lateral-direito ainda não está livre de uma conjuntivite desde a semana passada e segue sem poder voltar. Bruno Henrique deu um susto em um dos treinamentos, mas não preocupa e começará como opção entre os reservas.