• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Com festival de gols, Figueirense bate o Atlético-GO por 4 a 3 e entra no G4

  • COMPARTILHE
Esportes

Com festival de gols, Figueirense bate o Atlético-GO por 4 a 3 e entra no G4

Em um jogo repleto de gols, o Atlético Goianiense recebeu o Figueirense no estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia, neste sábado, pela 10.ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Após sair perdendo por 3 a 0, os mandantes tentaram reagir, mas não conseguiram e acabaram derrotados pelo placar de 4 a 3.

Com a vitória, o Figueirense termina a rodada na quarta colocação, com 17 pontos. Além disso, está há quatro jogos sem perder, com dois empates e duas vitórias. Já o Atlético Goianiense segue estacionado no meio da tabela de classificação com 12 pontos, caminhando na situação contrária, há quatro partidas sem ganhar, com dois empates e duas derrotas.

O primeiro tempo foi muito movimentado, com cinco gols. O jogo já começou agitado desde os primeiros minutos, mas foram os visitantes que começaram se destacando. Aos 15, a bola sobrou na área do Atlético Goianiense após cobrança de escanteio e Zé Antônio bateu firme para fazer 1 a 0.

O time catarinense não se contentou e ampliou para 2 a 0 aos 19 minutos. Gustavo Ferrareis puxou contra-ataque e Renan Mota recebeu cruzamento na medida para marcar. Muito embalado, o Figueirense marcou mais um aos 25. A defesa da casa bobeou e Renan Mota recuperou a bola e retribuiu o presente para Ferrareis bater no cantinho e fazer 3 a 0.

Os mandantes reagiram, começando a pressionar, e voltaram para o jogo ainda no primeiro tempo. Aos 39 minutos, Júnior Brandão se antecipou em cobrança de escanteio e subiu de cabeça para fazer 3 a 1. Aos 43, o goleiro Denis estava com a bola nas mãos, mas empurrou o atacante Fernandes e o árbitro marcou pênalti para o time da casa. João Paulo cobrou no cantinho e deixou o jogo no 3 a 2 para o intervalo.

Assim como terminou, o jogo já voltou movimentado do intervalo. Aos 13 minutos, Júnior Brandão chegou a fazer o terceiro do Atlético Goianiense, mas ele mandou a bola para o gol com as mãos. A arbitragem viu e anulou o lance. O Figueirense notou que corria perigo e tratou de fazer 4 a 2 aos 19. João Paulo arriscou de muito longe e acertou o ângulo, fazendo um golaço.

O Atlético Goianiense até seguiu tentando. Aos 25 minutos, obrigou Denis a fazer duas grandes defesas em sequência. Os mandantes seguiram comandando as ações ofensivas e diminuíram para 4 a 3 somente aos 45, quando Tomas Bastos arriscou chute da direita e contou com desvio para diminuir. O empate quase saiu aos 47. Joanderson invadiu a área e bateu cruzado. Denis desviou e a bola bateu no pé da trave e não entrou.

Na próxima rodada, a 11.ª, o Figueirense jogará em casa contra o Sampaio Corrêa, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, às 20h30 desta terça-feira. Já o Atlético Goianiense volta a campo no próximo sábado, às 18h30, para fazer o clássico contra o Vila Nova, no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 3 x 4 FIGUEIRENSE

ATLÉTICO-GO - Léo; Alisson, Lucas Rocha, René e Mascarenhas; Rômulo (Tomas Bastos), Fernandes, Júlio César (Joanderson), João Paulo e Renato Kayser (André Luis); Junior Brandão. Técnico: Cláudio Tencati.

FIGUEIRENSE - Denis; Diego Renan, Nogueira (Eduardo Bauermann), Cleberson e Guilherme Lazaroni; Zé Antônio, Matheus Sales (Pereira), Renan Mota (Felipe Amorim), João Paulo e Gustavo Ferrareis; Henan. Técnico: Milton Cruz.

GOLS - Zé Antônio, aos 15, Renan Mota, aos 19, Gustavo Ferrareis, aos 25, Júnior Brandão, aos 39, e João Paulo (pênalti), aos 45 minutos do primeiro tempo; João Paulo, aos 19, e Tomas Bastos, aos 44 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Júnior Brandão e Fernandes (Atlético-GO); Denis (Figueirense).

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia (GO).