• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Danilo Fernandes celebra fase e diz que Inter pode se firmar entre os líderes

  • COMPARTILHE
Esportes

Danilo Fernandes celebra fase e diz que Inter pode se firmar entre os líderes

Invicto há seis jogos no Campeonato Brasileiro, o Internacional deixou para trás as críticas e más atuações e vive bom momento na temporada. Escolhido para a entrevista coletiva desta quinta-feira, o goleiro Danilo Fernandes celebrou a fase de paz e tranquilidade e disse que a equipe seguirá "quietinha" para terminar a competição na parte de cima da tabela.

"Nós sabíamos da nossa qualidade e onde poderíamos chegar. Tivemos enfrentamento com os times de cima da tabela. Isso mostra o quanto fizemos um bom papel, como o grupo é forte e podemos estar na primeira parte da tabela", afirmou. "No final do ano, precisamos estar nesta primeira parte. Vamos passo a passo, degrau a degrau, trabalhando quietinho", acrescentou o goleiro, que está há três anos no clube gaúcho.

O próximo adversário do time colorado é o Santos. O duelo, marcado para domingo, será na Vila Belmiro, onde o time paulista costuma ser forte. Danilo espera um jogo aberto e difícil para os comandados de Odair Hellmann.

"O Santos se recuperou nos últimos dois jogos. A gente vem muito bem também. Vai haver espaço para jogar, oportunidades para fazer o gol e será uma grande partida. A gente tem que estar atento os 90 minutos", considerou.

Segundo o goleiro, um dos motivos da solidez defensiva do Inter, que levou seis gols e tem a terceira melhor zaga do torneio, é o auxílio dos jogadores de ataque, que ajudam na marcação da saída de bola. Quanto ao setor ofensivo, que passou em branco nos últimos dois jogos - empates com Sport e São Paulo -, Danilo acredita que falta um pouco de capricho para que as bolas voltem a balançar as redes.

"A entrega de todos, nosso sistema defensivo começa lá na frente, com o Damião, Lucca e Pottker. Todos se doando, se entregando, para que a bola seja mais mastigada lá atrás", avaliou. "Os gols vão voltar, é só caprichar um pouco mais, ter aquele refinamento lá na frente", completou o goleiro.