• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

'Herdeira' de Maria Esther, Bia Haddad lamenta morte: 'Ícone do País'

  • COMPARTILHE
Esportes

'Herdeira' de Maria Esther, Bia Haddad lamenta morte: 'Ícone do País'

A morte de Maria Esther Bueno, nesta sexta-feira, foi lamentada por aqueles que seguiram seu caminho no esporte. Entre eles, a principal tenista do Brasil na atualidade, Bia Haddad, número 93 do mundo, que ressaltou as conquistas dentro e fora de quadra da maior atleta do País na modalidade em todos os tempos.

"Ela sempre foi um ícone no nosso País, representou da melhor forma possível, teve resultados brilhantes dentro e fora das quadras e sempre mostrou muita luta, sempre foi uma pessoa muito boa, fez bem para o esporte. Vai ser mais uma estrela torcendo por cada um de nós", declarou.

Imediatamente após a confirmação da morte, os atletas dos mais diversos esportes utilizaram as redes sociais para manifestarem o respeito e a idolatria por Maria Esther. Entre aqueles que dividiam com ela a paixão pelo tênis, Bruno Soares, campeão do Aberto da Austrália e do US Open como duplista, foi sucinto ao colocar uma foto com o rosto da ex-atleta com a legenda: "Obrigado".

Homenagem semelhante à feita por André Sá, que se aposentou no início deste ano após dedicar boa parte de seus 41 anos ao tênis. Ele publicou uma foto de Maria Esther ainda jovem, em ação, com os dizeres: "Obrigado por tudo que fez pelo nosso esporte. Descanse em paz".

Maria Esther Bueno morreu nesta sexta-feira no Hospital 9 de Julho, em São Paulo, onde estava internada desde maio. Ela não resistiu a um câncer na boca que tratava desde o ano passado e que recentemente se espalhou pelo corpo.