• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Lisca promete mudanças radicais no Ceará para conseguir a primeira vitória

  • COMPARTILHE
Esportes

Lisca promete mudanças radicais no Ceará para conseguir a primeira vitória

Nem o empate sem gols com o Botafogo no Rio de Janeiro, logo em sua estreia, inibiu o técnico Lisca de ensaiar muitas mudanças para o duelo contra o Palmeiras, neste domingo, às 16 horas, na Arena Castelão, em Fortaleza, pela 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Se depender dos treinos que comandou na última sexta-feira e no sábado ele vai mudar em todos os setores do time cearense, ainda lanterna com apenas quatro pontos e nenhuma vitória - quatro empates e seis derrotas.

Mesmo não escondendo as experiências realizadas no centro de treinamento de Porangabuçu, Lisca não quis confirmar a escalação oficial do time. Mas disse ser necessário por sangue novo para dar novo ânimo ao grupo. Sempre otimista ele acha que a primeira vitória pode confirmar a reação na competição. "Uma sequência positiva de resultados dará mais tranquilidade de trabalho para todos. Daí as vitórias vão entrar normalmente", espera.

O inquieto treinador promete grandes mudanças para este jogo. Por começar pelas laterais. Na direita, Samuel Xavier, recuperado de um estiramento na coxa direita, está de volta. Na esquerda, Romário pode perder a vaga para João Lucas, que teve a sua documentação regularizada. Desta forma ele teria a linha defensiva com quatro jogadores.

Mas no setor de meio de campo a situação pode mudar com a entrada de Naldo no lugar de Richardson para atuar ao lado de Pio. Ambos atuariam como marcadores porque a novidade maior seria a entrada de Javier Reina, com a missão de ajudar Ricardinho na armação das jogadas. No ataque, a opção é pela volta de Éder Luis ao lado de Felipe Azevedo, deixando Arthur como opção no banco de reservas.

O volante Fabinho sofreu um trauma no pé direito no último jogo e depende de uma reavaliação dos médicos para saber se vai ter condições de ser utilizado, pelo menos, no banco. Situação parecida do zagueiro Valdo, que sofreu uma entorse no tornozelo direito, também no empate heroico no estádio do Engenhão.