• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ponte Preta vence Goiás de virada e quebra a sequência negativa na Série B

  • COMPARTILHE
Esportes

Ponte Preta vence Goiás de virada e quebra a sequência negativa na Série B

A Ponte Preta quebrou a sequência de quatro tropeços consecutivos na Série B do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Goiás pelo placar de 2 a 1, em partida realizada na noite desta terça-feira, no estádio Moisés Lucarelli, pela nona rodada. O duelo foi sem público devido a uma punição ao clube campineiro por confusão envolvendo seus torcedores. Este foi o primeiro triunfo da equipe sob o comando de João Brigatti e também como mandante.

Com o resultado, a Ponte Preta se afastou da zona de rebaixamento e agora soma 11 pontos, contra sete do Criciúma, 17.º colocado. O Goiás, por sua vez, continua em situação delicada. A equipe esmeraldina é a penúltima, com cinco.

Os dois times fizeram um primeiro tempo muito movimentado para um Moisés Lucarelli vazio. O time campineiro não demorou em tomar a iniciativa do duelo e envolver o esmeraldino. A primeira boa chance saiu aos 14 minutos. Orinho colocou a bola na cabeça de Júnior Santos. que só não marcou pois Marcos fez um milagre.

A resposta goiana foi imediata. Carlos Eduardo recebeu de Gedoz dentro da área e chutou à queima-roupa. Ivan fez a defesa. Na segunda tentativa, não teve jeito. Após cobrança de escanteio de Gedoz, Ivan afastou, mas Lucão aproveitou a sobra para abrir o marcador.

O gol afetou o desempenho da Ponte Preta, que caiu de produção e foi recuperar o fôlego apenas nos minutos finais. Aos 43 minutos, Orinho recebeu em velocidade pelo lado esquerdo e cruzou para André Luís. O atacante chutou meio desequilibrado, mas com força suficiente para deixar tudo igual.

A Ponte Preta voltou mais ligada para a etapa final e virou o placar aos seis minutos. Júnior Santos foi buscar a bola fora da área e tocou para Igor. O lateral cruzou para André Luís, que girou em cima da marcação e chutou forte no canto direito de Marcos.

O time campineiro recuou após a virada e deu campo para o Goiás atacar. O time esmeraldino encontrou um ferrolho à sua frente e abusou dos chamados "chuveirinhos", sem muito sucesso. Sendo assim, o que chamou a atenção foi o reencontro de Renato Cajá, considerado um ídolo, com a Ponte Preta. O meia acabou passando despercebido o tempo que ficou em campo.

Na próxima rodada, o Goiás enfrenta o Paysandu na sexta-feira, às 20h30, no Estádio Olímpico, em Goiânia. No sábado, às 21h, a Ponte Preta visita o Brasil no Bento Freitas, em Pelotas.

FICHA TÉCNICA:

PONTE PRETA 2 X 1 GOIÁS

PONTE PRETA - Ivan; Nathan (João Vitor), Léo e Renan Fonseca; Igor Vinícius, André Castro (Paulinho), Tiago Real, Danilo Barcelos e Orinho; Júnior Santos e André Luís (Murilo Henrique). Técnico: João Brigatti.

GOIÁS - Marcos; André Krobel, Edcarlos, Eduardo Brock e Ernandes; Gilberto, Léo Sena (Renato Cajá) e Felipe Gedoz (Giovanni); Carlos Eduardo, Maranhão (Michael) e Lucão. Técnico: Ney Franco.

GOLS - Lucão, aos 33, e André Luis, aos 44 minutos do primeiro tempo. André Luis, aos seis minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Jailson Macedo Freitas (BA).

CARTÕES AMARELOS - João Vitor e Tiago Real (Ponte Preta).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).