• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Rafael do Anjos perde para Covington e desperdiça chance de obter feito no UFC

  • COMPARTILHE
Esportes

Rafael do Anjos perde para Covington e desperdiça chance de obter feito no UFC

Ex-campeão peso leve do Ultimate (até 70,3kg), Rafael dos Anjos foi derrotado pelo norte-americano Colby Covington, em luta encerrada na madrugada deste domingo (no horário de Brasília), em Chicago, nos Estados Unidos. Por decisão unânime da contagem dos juízes (49-46, 48-47 e 48-47) em luta válida pelo UFC 225, ele perdeu a oportunidade de se tornar o primeiro brasileiro vencedor de títulos em duas categorias diferentes na organização.

A disputa com Colby Covington valia o cinturão interino da divisão dos meio-médios (limite de 77,1kg), que ficou sob a posse do norte-americano.

Especialista em luta olímpica, Covington teve dificuldades para impor seu jogo de quedas no começo da luta, mas conseguiu cansar o brasileiro com o passar dos minutos e chegou ao último e decisivo assalto com mais energia. Dos Anjos até surpreendeu o norte-americano e o derrubou no terceiro round, mas, preocupado em não ser colocado de costas para o solo, não conseguiu imprimir um volume de golpes contundentes e sentiu a diferença física por enfrentar o rival mais adaptado à divisão.

Campeão da divisão dos médios (até 83,9 Kg), o australiano Robert Whittaker derrotou o cubano Yoel Romero pela segunda vez na carreira. O triunfo veio por decisão dividida dos jurados (48-47, 47-48 e 48-47), em duelo que não valeu o cinturão da categoria porque o desafiante não bateu o peso exigido na sexta-feira.

A pontuação dos juízes foi polêmica por causa do quarto período, no qual o australiano teve mais volume (34 golpes conectados contra 20), enquanto o oponente foi mais contundente (45% de aproveitamento contra 36%) e impunha mais pressão quando o gongo soou. Whittaker abriu os dois primeiro assaltos com vantagem aparente e Romero venceu o terceiro e o quinto rounds sem contestação - em ambos passou perto de chegar ao nocaute e conseguiu as três quedas dele no combate.

Os outros dois brasileiros que participaram do evento lutaram no card preliminar. Pela divisão dos leves, Charles do Bronx finalizou Clay Guida com uma guilhotina, passados 2min18s do 1º round, e a peso palha (até 52 Kg) Claudia Gadelha derrotou Carla Esparza por decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28).