• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Trump diz que não convidará próximo campeão da NBA para visitar a Casa Branca

  • COMPARTILHE
Esportes

Trump diz que não convidará próximo campeão da NBA para visitar a Casa Branca

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a ser notícia no mundo do esporte nesta sexta-feira. Ele garantiu que não convidará o próximo time campeão da NBA para fazer a tradicional visita à Casa Branca, realizada anualmente pelos vencedores das quatro principais ligas do país.

Frequentemente criticado pelos astros de Cleveland Cavaliers e Golden State Warriors, em especial LeBron James e Stephen Curry, Trump deu a resposta nesta sexta. Com isso, quem vencer a decisão da NBA não irá à Casa Branca, como fazem os campeões do hóquei no gelo, do futebol americano e do beisebol nos Estados Unidos.

"Eu não convidei o LeBron e eu não convidei o Stephen Curry. Nós não vamos convidar nenhuma das equipes", anunciou o presidente nesta sexta. Os próprios jogadores citados por Trump já haviam alertado que não iriam encontrá-lo em caso de título.

Nos últimos dias, LeBron disse que "não importa quem vencer esta série, ninguém quer receber o convite (de Trump)". Curry concordou e disparou: "Concordo com o LeBron, todo time tem a oportunidade de tomar sua decisão e falar por si próprio". O presidente ainda foi criticado por Kevin Durant e o técnico do Warriors, Steve Kerr.

A presença de Trump na presidência dos Estados Unidos e as controvérsias protagonizadas por ele estão acabando com algumas das tradições no esporte norte-americano. Afinal, times de diversas modalidades já declararam publicamente que não desejam visitar a Casa Branca. em caso de título.

No início da semana, Trump cancelou o evento no qual receberia a visita do Philadelphia Eagles, atual campeão da NFL, a maior liga de futebol americano do país. A franquia havia tentado agendar com o presidente um encontro com menos jogadores e membros da comissão técnica, uma vez que os astros Malcom Jenkins, Chris Long e Torrey Smith já haviam anunciado que não iriam participar da cerimônia.

Eleito presidente dos Estados Unidos em novembro de 2016, Trump assumiu o cargo em 2017 e nunca recebeu a visita de um time campeão da NBA. Por outro lado, quando conquistaram o título, Curry, em 2015, e James, em 2012, 2013 e 2016, foram ao encontro com Barack Obama, que presidiu o país entre 20 de janeiro de 2009 e 20 de janeiro de 2017.