• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Al-Hilal será o adversário do Flamengo na semifinal do Mundial de Clubes

Esportes

Al-Hilal será o adversário do Flamengo na semifinal do Mundial de Clubes

Mais técnico e com jogadores experientes que já disputaram Copa do Mundo, o Al Hilal foi superior, mas sofreu para confirmar o triunfo

Estadão Conteúdo

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução/Instagram
O atacante frânces Bafetim Gomis marcou o gol da vitória do time árabe

O adversário do Flamengo nas semifinais do Mundial de Clubes será o Al Hilal. Ex-time do técnico Jorge Jesus, a equipe saudita derrotou o Espérance, da Tunísia, por 1 a 0, neste sábado, no Jassim Bin Hamad Stadium, em Doha, no Catar, e agora vai enfrentar a equipe rubro-negra. O francês Gomis saiu do banco para marcar o gol da vitória.

O duelo está marcado para a terça-feira, às 14h30 (horário de Brasília), no Khalifa International Stadium e vai opor velhos conhecidos. Se de um lado Jesus vai reencontrar ex-companheiros dos tempos em que passou no Arábia Saudita, o colombiano Cuéllar vai rever seus antigos companheiros de Flamengo.

Mais técnico e com jogadores experientes que já disputaram Copa do Mundo, o Al Hilal foi superior, mas sofreu para confirmar o triunfo. Teve mais posse de bola durante boa parte da partida e finalizou mais vezes - 12 contra sete, no total -, no entanto demorou para encaixar seu jogo.

Depois de ter dificuldade para superar o bloqueio defensivo do Espérance, o time saudita se encontrou no jogo a partir das alterações promovidas pelo técnico Razvan Lucescu. Especialmente após a entrada do centroavante Gomis no lugar de Cuéllar.

Forte e habilidoso, o francês balançou as redes em uma de suas primeiras ações em campo. Aos 27, ele recebeu na entrada da área, deu um corte no marcador com um toque por cima, e estufou as redes em chute no canto direito para marcar um golaço.

Na comemoração do gol, o centroavante apontou para Jorge Jesus, que estava na arquibancada assistindo à partida e foi técnico do francês quando dirigiu o Al Hilal. Boa parte do elenco do Flamengo também marcou presença no estádio.

Competitivo, mas sem muita qualidade técnica, o Espérance foi ao ataque, mas não teve sucesso na busca pelo empate mesmo com um a mais, depois que Kanno foi expulso. Não conseguiu sequer ameaçar o gol defendido por Al-Muaiouf e ficou pelo caminho, decepcionado a sua fanática torcida, que fez muito barulho no estádio e chegou até a causar confusão com agentes de segurança ao acender sinalizadores.

FICHA TÉCNICA:

AL HILAL 1 x 0 ESPÉRANCE

AL HILAL - Al-Muaiouf; Al-Burayk (Al-Hafith), Jang Hyun-Soo, Al-Bulayhi e Al-Shahrani; Cuéllar (Gomis) Kanno, Carlos Eduardo, Carrillo e Al-Dawsari; Kharbin (Otayf). Técnico: Razvan Lucescu.

ESPÉRANCE - Ben Cherifia; Derbali, Yaakoubi, Bedrane e Chetti; Bonsu (Khenissi), Coulibaly, Benguit (Fadaa), Badri e Elhouni (Bensaha); Ouattara. Técnico: Moïn Chaabani.

GOL - Gomis, aos 27 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Roberto Tobar (Chile).

CARTÕES AMARELOS - Cuellar e Carrillo (Al Hilal); Derbali (Espérance).

CARTÃO VERMELHO - Kanno (Al Hilal).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Jassim Bin Hamad Stadium, em Doha, no Catar.