• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bolt revela que correrá os 100m e o revezamento 4x100m no seu último Mundial

  • COMPARTILHE
Esportes

Bolt revela que correrá os 100m e o revezamento 4x100m no seu último Mundial

Bolt já confirmou que esta será a última temporada de sua histórica e vitoriosa carreira, na qual conquistou nove medalhas de ouro olímpicas na pista

Dois dias antes de competir na etapa de Mônaco da Diamond League, Usain Bolt revelou nesta quarta-feira, em entrevista coletiva, que irá correr as provas dos 100 metros e do revezamento 4x100m no último Mundial de Atletismo, no próximo mês, em Londres.

O velocista jamaicano já confirmou que esta será a última temporada de sua histórica e vitoriosa carreira, na qual conquistou nove medalhas de ouro olímpicas na pista - uma delas, do revezamento 4x100m em Pequim-2008, foi cassada por causa do caso de doping envolvendo o seu compatriota Nesta Carter - e mais outras 11 douradas em Mundiais.

E o também recordista mundial dos 100m e dos 200m quer voltar a fazer história na capital inglesa na sua última grande competição, na qual justamente irá dar adeus às pistas. "Meu objetivo é vencer em Londres. Quero me aposentar com uma grande vitória", ressaltou o astro nesta quarta, para em seguida enfatizar: "Decidi que esta é a hora de me aposentar porque eu alcancei todos os meus objetivos". Foi justamente em Londres, nos Jogos de 2012, que o corredor ganhou três dos seus ouros olímpicos.

Sem falsa modéstia, Bolt admitiu também que os seus feitos trouxeram ao atletismo um "diferente nível de empolgação e entretenimento ao esporte" e destacou que "está sempre esperando vencer" as provas que vir a disputar. "No momento em que você duvida (de si mesmo), perde todas as suas opções (de vencer)", disse.

Bolt veio para a entrevista coletiva desta quarta-feira vestido com uma camiseta contendo a sua assinatura e a sua imagem, pintadas na cor dourada, sendo que na imagem ele é retratado fazendo o tradicional gesto que eternizou, no qual curva o corpo para um lado e aponta um dos braços para o outro lado e para o alto. No caso, o velocista imita um raio no gesto que também foi inspirado no tiro com arco, com o qual ele estaria "marcando" as suas vitórias.

E apenas dois triunfos nas duas provas que disputará no Mundial de Londres servirão para satisfazer Bolt, que na etapa de Mônaco da Diamond League, nesta sexta-feira, só estará presente na prova dos 100 metros. Será a sua última competição de preparação ao Mundial, que ocorrerá entre 5 e 13 de agosto na capital inglesa.

Bolt não compete no evento monegasco do calendário da Associação das Federações Internacionais de Atletismo (IAAF, na sigla em inglês) desde 2011. Naquela ocasião, já como recordista mundial da prova mais rápida da modalidade, o astro ganhou a disputa dos 100 metros com o tempo de 9s88.

O jamaicano priorizou a prova dos 100m para esta sua temporada de despedida apesar de ter recebido um convite para participar dos 200m no Mundial, que agora ele deixou claro que acabou recusando. No final do mês passado, o velocista venceu a prova dos 100m no Meeting de Ostrava, na República Checa, onde, após uma largada lenta, o jamaicano se recuperou e cruzou a linha de chegada na frente com o tempo de 10s06.