• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ederson, do Fla, é operado com sucesso para retirada de tumor e ganha prótese

  • COMPARTILHE
Esportes

Ederson, do Fla, é operado com sucesso para retirada de tumor e ganha prótese

O Flamengo também deverá divulgar um boletim em breve para falar sobre a condição de saúde do jogador

Rio - Três dias depois de o Flamengo revelar que o meia Ederson está com um tumor no testículo e terá de se afastar do time por tempo indeterminado para se tratar do grave problema de saúde, o jogador foi operado com sucesso na manhã desta sexta-feira, no Rio, onde se recupera bem da cirurgia.

O procedimento cirúrgico ocorreu no hospital CopaStar, na zona sul da capital carioca, e serviu para retirada do tumor no testículo direito do atleta. Na operação também foi colocada uma prótese no lugar do testículo, que precisou ser removido.

"O paciente Ederson Honorato Campos foi submetido a uma cirurgia para retirada de tumor no testículo direito, na manhã desta sexta-feira, dia 28, no hospital CopaStar. O procedimento foi considerado um sucesso. O paciente permanece internado e apresenta estado de saúde estável", informou o boletim médico divulgado nesta sexta pela assessoria de imprensa do hospital.

O Flamengo também deverá divulgar um boletim em breve para falar sobre a condição de saúde do jogador. O chefe do departamento médico do time rubro-negro, Márcio Tannure, acompanhou de perto o procedimento comandado pelo cirurgião Franz Campos.

O sério problema de saúde foi descoberto após o jogador ser reprovado em mais de um exame antidoping. Os testes detectaram índices maiores do que os normais da substância HCG, hormônio que em altas quantidades em homens podem indicam câncer de testículo, o que acabou sendo confirmado no caso de Ederson.

Ederson testou positivo para doping nos exames que fez após os jogos contra Atlético-MG e Atlético-GO, respectivamente nos dias 13 e 20 de maio, pelo Brasileirão, e também foi submetido a um exame após partida contra o San Lorenzo, pela Copa Libertadores, que ainda não teve resultado divulgado, mas que o próprio atleta já adiantou que apontou resultado analítico, provocado pelo seu problema de saúde.

Ainda sem saber quando poderá contar com Ederson, o Flamengo enfrenta o Corinthians neste domingo, às 16h horas, no Itaquerão, em São Paulo, pela 17ª rodada do Brasileirão. Um dia após o clube revelar que o jogador tinha um tumor, o time foi derrotado por 4 a 2 pelo Santos, na Vila Belmiro, no duelo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, mas avançou às semifinais por ter vencido o confronto de ida por 2 a 0, no Rio.