• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

'Exemplo' para a seleção, Cesar Cielo vai ao Mundial querendo voltar a brilhar

  • COMPARTILHE
Esportes

'Exemplo' para a seleção, Cesar Cielo vai ao Mundial querendo voltar a brilhar

Buscando dar a volta por por cima, Cesar Cielo quer brilhar no Mundial e alcançar bons resultados

São Paulo - Maior nadador brasileiro de todos os tempos, Cesar Cielo está em Budapeste, na Hungria, tentando voltar a brilhar. Depois de fracassar no último ciclo olímpico e não conseguir vaga nos Jogos do Rio-2016, o dono de três medalhas olímpicas vai em busca de pódio em duas provas do Mundial de Esportes Aquáticos: no revezamento e nos 50 metros livre, prova que o consagrou e da qual detém o recorde mundial.

Para conquistar uma medalha nos 50 metros, porém, o nadador terá que melhorar muito a sua marca neste ano. Cesar Cielo possui o oitavo melhor tempo na temporada - o que seria suficiente apenas para colocá-lo na final -, enquanto que outro brasileiro, Bruno Fratus, tem registrado marcas melhores.

A presença de Cesar Cielo no Mundial, contudo, vai muito além do que ele pode conquistar dentro d'água. "A gente fez uma reunião em Portugal (onde a seleção fez aclimatação ao longo da semana) e ao final pedimos se algum atleta queria acrescentar alguma coisa e ele pediu a palavra. É uma liderança muito positiva para a equipe", disse Renato Cordani, diretor de natação da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).

"As pessoas que conhecem o Cielo, que convivem com ele, dizem que ele voltou ao passado. Conta piadas, está bem à vontade. Não está mais amuado como estava. E ele, por ser o grande nome da natação brasileira, contagia" pontuou Renato Cordani. "Ele que é tricampeão mundial (nos 50 metros), um exemplo. Os outros nadadores querem vencer como ele".