• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Levir Culpi diz não entender anulação de pênalti na Vila: 'Coisas inexplicáveis'

  • COMPARTILHE
Esportes

Levir Culpi diz não entender anulação de pênalti na Vila: 'Coisas inexplicáveis'

Na coletiva, o técnico do Santos disse que não deu para ver se houve pênalti no lance. Mas pede explicação do juiz

Santos - O jogo entre Santos e Flamengo, na Vila Belmiro, nesta quarta-feira, ainda estava 1 a 1, nos últimos minutos do primeiro tempo - no fim, o time santista venceu por 4 a 2, só que não evitou a eliminação nas quartas de final da Copa do Brasil -, mas um lance polêmico deu o que falar. Bruno Henrique foi derrubado na entrada da área por Réver. O árbitro gaúcho Leandro Pedro Vuaden assinalou a penalidade de imediato. A decisão, contudo, durou apenas dois minutos, pois ele consultou o quarto árbitro e voltou atrás. Não marcou nem falta.

"Jogo teve coisas inexplicáveis. O que me causou surpresa foi eu estar no meio-campo e não perceber nada. Só vi que nosso jogador caiu. Gostaria de saber a condição do quarto árbitro que estava do meu lado. Qual a força que ele tem para dizer que não foi pênalti?", indagou o técnico Levir Culpi na entrevista coletiva após o jogo.

"Quarto árbitro estava muito mais longe do que o primeiro árbitro e viu o pênalti? Não entendi. Como ele pode ter visto? Os árbitros poderiam dar uma entrevista para explicar. Bandeirinha foi para trás, o árbitro estava perto, estranhei. Eu gostaria de uma explicação técnica da arbitragem", completou o treinador santista.

Na saída do campo, o zagueiro David Braz estava muito irritado com a arbitragem. "Só faltou o árbitro colocar a camisa do Flamengo. Todo mundo viu. Quatro árbitro estava muito longe, não vem querer enganar, não", reclamou.