• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Sem Armero, Bahia desafia a Ponte Preta para encerrar jejum de vitórias

  • COMPARTILHE
Esportes

Sem Armero, Bahia desafia a Ponte Preta para encerrar jejum de vitórias

Sem vencer desde 8 de junho, Bahia entre em campo para vencer e se afastar da zona de rebaixamento. A equipe baiana já somam três empates e quatro derrotas

Salvador - O Bahia encara a Ponte Preta nesta quarta-feira, às 19h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), pela 13.ª rodada do Campeonato Brasileiro, com um importante desafio pela frente: encerrar o incômodo jejum de vitórias que fez o time despencar na tabela de classificação da competição.

O último triunfo do Bahia ocorreu apenas no dia 8 de junho, quando bateu o Cruzeiro por 1 a 0. Desde então, foram três empates e quatro derrotas. Resultados que fizeram o time despencar das primeiras colocações para a 16.ª, com 12 pontos - os mesmos de Vitória e Avaí, que hoje estariam rebaixados.


"Um time com o tamanho do Bahia não pode estar na situação que está", avisou o volante Renê Júnior. "Os jogadores e a comissão estão fazendo de tudo para tirar o time desse momento ruim. Mesmo que a gente não tenha o resultado a nosso favor, a gente está conseguindo se manter fora do Z4 (zona de rebaixamento). A camisa do Bahia não pode brigar no Z4. É para brigar lá no alto, por Sul-Americana ou algo maior".

Os desfalques, no entanto, podem dificultar a missão do Bahia. Vetado com um incômodo no púbis, o lateral-esquerdo colombiano Pablo Armero está fora, assim como o zagueiro Éder, com uma virose. O lateral-direito Wellington Silva, o zagueiro Jackson e os atacantes Hernane, Maikon Leite e Edigar Junio, lesionados, além do volante Edson, suspenso, também estão fora. A boa notícia fica pelo retorno do meia argentino Allione, após cumprir suspensão.