• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Inter supera Guarani e conquista a terceira vitória seguida na Série B

  • COMPARTILHE
Esportes

Inter supera Guarani e conquista a terceira vitória seguida na Série B

Com o resultado, o time gaúcho chegou aos 33 pontos, mantendo a segunda posição da Série B do Brasileirão

Campinas - O Internacional voltou a vencer três jogos consecutivos depois de quase seis meses. Na tarde desta sábado, pela 19.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o clube gaúcho foi até o Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, e venceu o Guarani por 2 a 0. O jogo marcou o encontro dos dois campeões brasileiros que estão na segunda divisão nacional.

A última vez que o Inter tinha somado três vitórias consecutivas foi em fevereiro, quando ganhou de Brasil de Pelotas no Campeonato Gaúcho, do Oeste na Copa do Brasil e do Criciúma pela Copa da Primeira Liga. O resultado levou os comandados de Guto Ferreira aos 33 pontos, mantendo a segunda posição - o América-MG lidera com 36 pontos. O Guarani, por outro lado, não vence há seis jogos e com três derrotas seguidas, está fora do G4, com 28 pontos.

O time paulista começou melhor a partida, pressionando a saída de jogo do Internacional. Só que aos 15 minutos, o time gaúcho começou a mostrar a sua qualidade e assustou. Depois de cruzamento de D'Alessandro, o atacante William Pottker cabeceou quase dividindo com Gilton e errou o alvo.

Aos 22 minutos, um lance violento acabou prejudicando o Guarani. Klaus perdeu a bola para Bruno Nazário e parou o contra-ataque acertando o meia do time campineiro. Com um corte no rosto, ele precisou deixar o gramado diretamente para o vestiário e com suspeita de fratura na face.

Justamente quando o Internacional tinha um jogador a mais, saiu o primeiro gol. Aos 25 minutos, William Pottker fez a jogada pelo lado direito e levantou para o outro lado da área. Eduardo Sasha dominou e chutou cruzado no fundo das redes.

O gol abalou o time campineiro, que ficou mais submisso. O Internacional teve mais uma oportunidade aos 31 minutos. Leandro Damião recebeu o passe na marca do pênalti, mas chutou fraco e Leandro Santos defendeu.

Logo no começo do segundo tempo, o Internacional teve a sua melhor chance. Com dois minutos, Leandro Damião aproveitou o vacilo de Betinho e arrancou sozinho. Driblou o goleiro Leandro Santos, mas demorou para chutar. Betinho salvou em cima da linha de cabeça e, no rebote, o centroavante desperdiçou mais uma vez de bicicleta.

A resposta do Guarani veio aos oito minutos. Em cobrança de falta, Gilton levantou para a área e Richarlyson cabeceou livre, no canto. Danilo Fernandes conseguiu espalmar para escanteio.

As chances de reação do time campineiro se encerraram aos 34 minutos. Nico López driblou Diego Jussani com facilidade e rolou para trás. Cláudio Winck apareceu livre e chutou sem qualquer possibilidade de defesa para fazer o segundo gol. Placar definido.

O Guarani volta a campo apenas na próxima sexta-feira, às 19h15, diante do Brasil, no estádio Bento de Freitas, em Pelotas. Enquanto isso, o Internacional recebe o Londrina no Beira-Rio, em Porto Alegre, no sábado, às 16h30. Os jogos serão válidos pela 20.ª rodada.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 0 X 2 INTERNACIONAL

GUARANI - Leandro Santos; Lenon, Genílson, Diego Jussani e Gílton; Evandro, Richarlison, Betinho (Kevin), Fumagalli (Rentería) e Bruno Nazário (Luiz Fernando); Eliandro. Técnico: Oswaldo Alvarez.

INTERNACIONAL - Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Klaus, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson e DAlessandro (Charles); Eduardo Sasha (Camilo), William Pottker e Leandro Damião (Nico López). Técnico: Guto Ferreira.

GOLS - Eduardo Sasha, aos 25 minutos do primeiro tempo. Cláudio Winck, aos 34 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Genílson e Evandro (Guarani); Uendel (Internacional).

RENDA - R$ 182.835.

PÚBLICO - 9.890 pagantes.