• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Jair Ventura admite atuação ruim, mas vê Botafogo vivo na Copa do Brasil

  • COMPARTILHE
Esportes

Jair Ventura admite atuação ruim, mas vê Botafogo vivo na Copa do Brasil

O técnico do Botafogo considerou o empate por 0 a 0 um resultado justo, embora tenha assegurado que a sua equipe segue viva e com chances reais de avançar à decisão do torneio

Rio - O técnico Jair Ventura reconheceu que o Botafogo deixou a desejar no primeiro clássico pelas semifinais da Copa do Brasil contra o Flamengo, na noite de quarta-feira, no Engenhão. Por isso, ele considerou o empate por 0 a 0 um resultado justo, embora tenha assegurado que a sua equipe segue viva e com chances reais de avançar à decisão do torneio.

"Foi um jogo truncado. Para quem assistiu, é apaixonado pelo futebol, foi muito aquém. Esperávamos mais, duas equipes se respeitaram, poucas oportunidades, não teve mais jogo após expulsões. Foi um jogo ruim. Dentro da nossa casa, fica situação de ter que vencer, mas empatar sem gols é o melhor empate que poderia ter sido. Se faz um gol no Maracanã fica mais vivo ainda. Tudo aberto. Acabou o primeiro tempo, temos o segundo no Maracanã", disse.

O treinador botafoguense também admitiu que o seu time teve atuação abaixo do nível apresentado nos confrontos recentes por mata-matas, como diante do Nacional do Uruguai e do Atlético Mineiro, o que acabou sendo determinante para o empate em casa. Porém, avaliou essa oscilação como natural.

"Deixamos a desejar dentro de grandes performances que vínhamos fazendo, mas a oscilação é normal, ainda mais contra um grande adversário. Hoje não repetimos as performances. Por isso o empate sem gols", comentou.

O clássico de quarta-feira marcou a estreia de Reinaldo Rueda à frente do Flamengo. Mas apesar do pouco tempo para trabalhar do treinador rival, Jair Ventura lembrou que o colombiano havia encarado o Botafogo nesta temporada, com o Atlético Nacional, pela Copa Libertadores. "Foi a equipe que ele estudou, nos enfrentamos duas vezes. Conhecia bastante a nossa equipe. Facilitou a vida dele sim", afirmou.

Com o empate, o Botafogo precisa de um empate com gols ou de uma vitória na próxima quarta-feira, no Maracanã, para se garantir na final da Copa do Brasil. Antes disso, no domingo, o time vai visitar a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.