• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Jesus marca, City vira sobre o Bournemouth nos acréscimos e vence no Inglês

  • COMPARTILHE
Esportes

Jesus marca, City vira sobre o Bournemouth nos acréscimos e vence no Inglês

Com o resultado, o City chegou a sete pontos na competição após três partidas

O Manchester City sofreu muito, mas arrancou a segunda vitória no Campeonato Inglês neste sábado. Diante do Bournemouth fora de casa, a equipe de Pep Guardiola saiu atrás no placar, mas contou com um gol de Gabriel Jesus e outro de Sterling, polêmico, já depois dos acréscimos prometidos pelo árbitro, para bater o adversário por 2 a 1.

Com o resultado, o City chegou a sete pontos na competição após três partidas. Por causa da pausa no campeonato para as Eliminatórias, só volta a campo no dia 9 de setembro, quando encara o Liverpool em casa. Já o Bournemouth segue sem pontuar e duela com o Arsenal, em Londres, no mesmo dia.

Apesar da derrota, o Bournemouth começou melhor e surpreendeu ao abrir o placar logo aos 12 minutos. Otamendi afastou cruzamento da esquerda, mas Daniels chegou batendo de primeira, mesmo sem muito ângulo, da entrada da área. A bola saiu com força e ainda tocou no travessão, sem chances para Ederson.

O time da casa seguiu em cima e poderia ter marcado o segundo logo na sequência, quando o veterano Jermain Defoe foi lançado e bateu à queima-roupa, exigindo grande defesa de Ederson. Só então, o City acordou e não tardou a chegar ao gol do empate.

Se não encontrava espaços para infiltrar na defesa adversária, o City contou com a genialidade de David Silva para marcar. Aos 20 minutos, ele recebeu pela intermediária e deu enfiada precisa para Gabriel Jesus, que arrancou e bateu de primeira no contrapé do goleiro, marcando seu primeiro gol na temporada.

O gol embalou o City, que ganhou o campo de ataque e passou a pressionar. O próprio Jesus, aos 23, quase virou. Apesar das boas oportunidades, a mira ruim dos atacantes fez com que a equipe fosse para o intervalo apenas em igualdade.

Quando esperava-se um City avassalador na etapa final, a equipe diminuiu o ritmo e viu o jogo ficar morno. Aos 16, o Bournemouth quase surpreendeu, ao acertar a trave com Daniels. A resposta dos visitantes veio na mesma moeda aos 28, com Otamendi, que quase marcou de cabeça.

Nos acréscimos, o Bournemouth perdeu outra grande chance com King, que parou em Ederson. O árbitro prometera cinco minutos extras, mas com quase sete, De Bruyne e Agüero tabelaram, a bola chegou em Mendy, que cruzou para o meio. Sterling dominou e bateu mascado para a rede, levando ao delírio a torcida visitante. Na comemoração, o próprio Sterling foi expulso, mas não haveria tempo para mais nada.