• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Jogador capixaba, Pedro Rocha, deixa o Grêmio e assina com o Spartak Moscou

  • COMPARTILHE
Esportes

Jogador capixaba, Pedro Rocha, deixa o Grêmio e assina com o Spartak Moscou

Pedro Rocha já está na Rússia, passou por exames médicos e será apresentado em breve como reforço do Spartak

O Spartak Moscou confirmou nesta quinta-feira a contratação do atacante Pedro Rocha. No último dia da janela para transferências na Europa, o time russo anunciou o acerto por quatro temporadas com o jogador de 22 anos, que deixa o Grêmio nas retas finais do Campeonato Brasileiro e da Libertadores.

O Spartak não confirmou os detalhes financeiros da transação, mas especula-se que o clube russo tenha desembolsado 12 milhões de euros (cerca de R$ 45 milhões). O Grêmio já havia avisado que precisava negociar algum jogador para fechar as contas da temporada, o que deverá ser possível com a saída do atacante.

De acordo com a diretoria, o objetivo para o ano era arrecadar pouco mais de R$ 60 milhões em transações de jogadores. A saída de Pedro Rocha, aliada à negociação do volante Walace com o Hamburgo no início do ano, por cerca de R$ 20 milhões, permitiu que o time tricolor superasse a quantia.

O curioso é que Pedro Rocha não foi o primeiro jogador do Grêmio procurado pelo Spartak. No começo do mês, os clubes chegaram a um acordo para que o atacante Luan fosse para a Rússia por cerca de 24 milhões de euros (R$ 89,3 milhões), mas o jogador não viu com bons olhos a possibilidade de ir para o país e recusou a proposta.

Pedro Rocha já está na Rússia, passou por exames médicos e será apresentado em breve como reforço do Spartak. O jogador estava no Grêmio desde 2014, ganhou espaço entre os profissionais no ano seguinte, com Luiz Felipe Scolari, se estabeleceu sob o comando de Roger Machado e passou a ser um dos destaques da equipe com Renato Gaúcho.

O jogador ficou marcado na história gremista por sua atuação na decisão da Copa do Brasil do ano passado, quando marcou dois gols na vitória por 3 a 1 do jogo de ida diante do Atlético-MG, em pleno Mineirão, resultado que encaminhou a conquista tricolor.

Sem ele, Renato deverá promover Everton à titularidade. Fernandinho e o recém-contratado Michael Arroyo são as outras opções para compor o ataque com Luan e Lucas Barrios.