• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Manutenção de Cuca frustra chance de retorno de Felipe Melo ao Palmeiras

  • COMPARTILHE
Esportes

Manutenção de Cuca frustra chance de retorno de Felipe Melo ao Palmeiras

Afastado por desavenças com o treinador, o jogador só retornaria caso o atual comandante sucumbisse à crise e deixasse o cargo, possibilidade descartada neste momento

São Paulo - A manutenção do técnico Cuca no Palmeiras, garantida pelo próprio treinador e pela diretoria, frustra a possível chance do volante Felipe Melo ser reintegrado ao elenco do time alviverde. Afastado por desavenças com o treinador, o jogador só retornaria caso o atual comandante sucumbisse à crise e deixasse o cargo, possibilidade descartada neste momento.

Há três semanas Felipe Melo tem treinado em horários diferentes dos cumpridos pelo restante do time. Na última terça-feira ele apareceu nas redes sociais junto com outro jogador que está na mesma situação, o zagueiro argentino Fernando Tobio. Os dois trocaram camisas de ex-clubes (Inter de Milão e Boca Juniors) e agora aguardam a procura por times interessados em contratá-los para dar continuidade à carreira.

"O que eu fiz com o Felipe foi uma situação que no momento entendi, e hoje ainda entendo, como a mais cabível possível. Não foi nada pessoal. Foi uma coisa que no momento tinha de ser feita. E ponto final. Isso não cabe mais ao Cuca resolver. Cabe à diretoria", disse Cuca na terça-feira, em entrevista coletiva na Academia de Futebol, onde o treinador confirmou que pretende seguir no comando do Palmeiras enquanto a diretoria do clube assegurar a sua permanência no cargo.

Felipe Melo acionou o Palmeiras na Justiça com duas notificações sobre as condições de trabalho. Os advogados alegaram que o volante sofre assédio moral. O clube, por sua vez, não recuou do afastamento e negocia com os representantes do atleta o acordo para uma rescisão contratual amigável. Já houve sondagens de outras equipes interessadas em contar com o futebol do meio-campista.

"O Felipe, em alguns momentos, exagerou a 'calibragem'. Foi multado duas vezes, se posicionou mal em relação ao Cuca", disse o presidente do clube, Mauricio Galiotte, em entrevista ao canal ESPN Brasil na última terça. "Ele está treinando, tem todas as condições que o clube pode oferecer aos atletas, como estruturas, profissionais. Tem todas as condições de treinar normalmente. O caso tem sido acompanhado e monitorado pelos departamentos jurídico e de futebol", completou.