• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ovacionado pela torcida do Sport, Abel agradece 'solidariedade' após tragédia

  • COMPARTILHE
Esportes

Ovacionado pela torcida do Sport, Abel agradece 'solidariedade' após tragédia

Emocionado, o técnico acenou para os rubro-negros. Foi cumprimentado por todos que estavam em campo

Abel Braga, treinador do Fluminense, voltou ao trabalho nesta quarta-feira, quatro dias após uma tragédia familiar - no sábado, seu filho João Pedro Braga, de 19 anos, morreu ao cair da janela do banheiro do apartamento em que vivia com a família no bairro do Leblon, no Rio de Janeiro, enquanto tomava banho.

A 14.ª Delegacia de Polícia do Rio trabalha com a hipótese de acidente - João Pedro apresentava uma patologia que provocava crises convulsivas -, mas o prazo para a conclusão do inquérito é de 30 dias.

Após o adiamento do jogo do Fluminense no último final de semana (a equipe enfrentaria a Ponte Preta, em Campinas), o clube carioca entrou em campo para encarar o Sport, na Ilha do Retiro. Abel foi aplaudido pela torcida pernambucana assim que pisou no gramado.

Visivelmente emocionado, o técnico acenou para os rubro-negros. Foi cumprimentado por todos que estavam em campo. Na hora do hino nacional, foi convidado a ficar no meio do gramado, ao lado de Vanderlei Luxemburgo, técnico do Sport, e do trio de arbitragem.

"Vim tentar mostrar para as pessoas que não podemos perder para a vida. Temos que aproveitar. A gente cai muito e levanta sempre. Essa homenagem, como tantas outras, tem me feito ter essa força que nem eu sei de onde tiro. É principalmente pela solidariedade. Essa é a palavra. Assim a gente vai. Não esperava isso. Participar do hino ao lado dos colegas. E a homenagem da torcida do Sport me marcou", disse o treinador, com os olhos cheios de lágrimas, ao SporTV.