• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ramon nega atrito entre jogadores do Vasco e Milton Mendes: 'Ninguém comemorou'

  • COMPARTILHE
Esportes

Ramon nega atrito entre jogadores do Vasco e Milton Mendes: 'Ninguém comemorou'

A demissão de Milton Mendes ocorreu um dia após a derrota do Vasco por 3 a 0 para o Bahia, na Fonte Nova

Um dia após ser demitido pela diretoria do Vasco, o técnico Milton Mendes compareceu nesta terça-feira a São Januário para se despedir dos jogadores do clube. A revelação do encontro foi realizada pelo lateral-esquerdo Ramon em entrevista coletiva, também sendo feita para assegurar que não havia problemas de relacionamento graves entre o treinador e o elenco.

Milton Mendes teria tido atrito com alguns jogadores do Vasco, sendo que o conflito com o zagueiro Rodrigo, hoje na Ponte Preta, até se tornou público. Ramon negou, porém, a versão de que alguns jogadores teriam comemorado a demissão do treinador e garantiu que a despedida do treinador do elenco nesta terça-feira foi cordial.

"Somos cobrados por resultados e foram cinco jogos sem vitória. Ontem aqui, o presidente e o Milton informaram que chegaram a um acordo e fizeram o que era melhor para o Vasco. O nosso presidente não é de fazer isso e optou por isso é porque enxerga que será melhor para o clube. Nós jogadores temos que olhar para frente e pensar no futuro. O Milton foi um cara que me abriu as portas, que me defendeu, deu confiança e me colocou para jogar. Só tenho a agradecê-lo por tudo que fez por mim. Nosso grupo não comemorou a saída, tanto é que ele esteve aqui hoje para se despedir de todos nós. Foi uma conversa muito boa e ele saiu em paz", afirmou.

A demissão de Milton Mendes ocorreu um dia após a derrota do Vasco por 3 a 0 para o Bahia, na Fonte Nova, resultado que levou o time a completar cinco jogos sem vitórias, o deixando em 16º lugar no Brasileirão. Ramon assegurou que, apesar da queda do treinador, o elenco sabe que tem responsabilidade pelo péssimo momento da equipe.

"No primeiro turno, o Vasco fez um excelente campeonato. Às vezes ocorrem um período de instabilidade e as coisas não acontecem da forma que todos desejam. O resultado influencia muito e alguma coisa tem que mudar. É mais fácil trocar um ou 30? Apesar disso, é importante deixar claro que nós, os atletas, também precisamos assumir a nossa responsabilidade e mudar de atitude dentro de campo. Estamos passando por um momento de transição, mas em clássico não tem favorito. Queremos vencer o próximo jogo para ter mais tranquilidade nas duas semanas que o campeonato irá ficar parado", disse.

O Vasco ainda não definiu o nome do substituto de Milton Mendes, mas Zé Ricardo é o favorito para assumir o comando do time. O próximo compromisso da equipe será no sábado, no Maracanã, diante do Fluminense, pela 22ª rodada.