• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Rodrigo é suspenso por um jogo por confusão com Milton Mendes

  • COMPARTILHE
Esportes

Rodrigo é suspenso por um jogo por confusão com Milton Mendes

O treinador ainda o acusou de ter lhe acertado pisões nos pés e chegou a denunciar o jogador por agressão

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu o zagueiro Rodrigo com um jogo de suspensão pela confusão com o técnico Milton Mendes. Nesta sexta-feira, o órgão julgou o caso do experiente jogador de 36 anos e definiu a sanção após os incidentes no confronto entre Ponte Preta e Vasco, no último dia 6.

Depois do apito final no confronto disputado no Moisés Lucarelli, pelo Brasileirão, Rodrigo se desentendeu com o técnico vascaíno Milton Mendes, com quem trabalhou justamente no clube carioca, e o empurrou repetidas vezes. O treinador ainda o acusou de ter lhe acertado pisões nos pés e chegou a denunciar o jogador por agressão.

O árbitro não viu a cena, mas, posteriormente, as relatou na súmula. Por isso, Rodrigo também foi denunciado por agressão no STJD e poderia ser suspenso por até 12 partidas se fosse considerado culpado. O tribunal, no entanto, alterou a denúncia de agressão para conduta antidesportiva, o que fez com que ele pegasse a pena mínima.

O jogador prestou depoimento e, mais uma vez, alegou ter sido provocado por Milton Mendes antes de empurrá-lo. "Após a partida, estava conversando com ex-companheiros meus, quando recebi uma mão no pescoço, forte. Me assustei um pouco e falei: 'Tira a mão de mim', com o primeiro empurrão. Ele se afastou e começou a falar: 'Eu que tirei você do Vasco, você é sem vergonha e mau caráter'. Ele começou a me xingar e, realmente, eu cheguei e o empurrei."

O relator do processo, José Nascimento, e os auditores Eduardo Mello, Maurício Neves e Flávio Boson, além do presidente da comissão, Rodrigo Raposo, concordaram com o ponto de vista do atleta e consideraram que a atitude foi uma reação à provocação de Milton Mendes. Por isso, votaram pela pena mínima.

Com a suspensão, Rodrigo desfalcará a Ponte Preta somente na próxima partida do Campeonato Brasileiro, diante do Botafogo, neste domingo, no Moisés Lucarelli. Sem ele, o técnico Gilson Kleina deve escalar Luan Peres ao lado de Marllon na defesa.