• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

São Paulo reclama da arbitragem e Dorival detona: 'Comem barriga a todo momento'

  • COMPARTILHE
Esportes

São Paulo reclama da arbitragem e Dorival detona: 'Comem barriga a todo momento'

O técnico Dorival Junior destacou a atuação da arbitragem pela segunda rodada seguida. Na última sexta, o clube entrou com uma representação na CBF para reclamar da atuação do árbitro pela 18ª rodada na derrota para o Coritiba

São Paulo - Pelo segundo jogo seguido, o São Paulo se sentiu prejudicado pela arbitragem no Campeonato Brasileiro. Após a derrota por 2 a 1 para o Bahia, pela 19ª rodada do torneio, que fez o time terminar o primeiro turno na zona de rebaixamento, o técnico Dorival Junior reclamou da atuação do sexteto liderado por João Batista de Arruda.

"Temos seis árbitros em campo e comem barriga a todo momento nas jogadas mais simples que sejam", disse Dorival, na entrevista coletiva depois do jogo na Fonte Nova, em Salvador. "O Régis saiu de uma posição de impedimento para vir para a bola, estava completamente impedido. Quando a bola bate no Rodrigão, o Régis estava iniciando o retorno dele", reclamou o treinador, descrevendo a jogada que culminou no segundo gol do time da casa.

Outro lance que desagradou alguns são-paulinos aconteceu no segundo tempo, quando, depois de uma cobrança de falta de Hernanes, Éder Militão foi puxado pela camisa por Edson dentro da área e o árbitro não viu pênalti. Dorival não comentou o lance.

Na última sexta, o clube entrou com uma representação na CBF para reclamar da atuação do árbitro Péricles Bassols Cortez, que apitou o jogo contra o Coritiba, em que o São Paulo foi derrotado por 2 a 1, um dia antes, no Morumbi, pela 18ª rodada. A principal reclamação foi a marcação de um pênalti do lateral Bruno no atacante Rildo, quando a partida estava empatada em 0 a 0.

Seis rodadas antes, quando o São Paulo entrou na zona de rebaixamento pela primeira vez nesta edição do campeonato depois de perder para o Flamengo por 2 a 0 no Rio, o então técnico Rogério Ceni também criticou a arbitragem, citando o juiz Leandro Pedro Vuaden na entrevista coletiva depois do jogo.

O elenco do São Paulo terá um dia de descanso após o jogo em Salvador e se reapresentará no CT da Barra Funda na terça-feira, para iniciar a preparação para o confronto contra o Cruzeiro, no próximo domingo, às 11 horas, no Morumbi, pela primeira rodada do segundo turno do Brasileirão.