• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Vasco bate Fluminense, encerra jejum após 5 rodadas e respira no Brasileirão

  • COMPARTILHE
Esportes

Vasco bate Fluminense, encerra jejum após 5 rodadas e respira no Brasileirão

Com este resultado, o Vasco ganhou seis colocações de forma provisória. Tem 28 pontos, na décima colocação, abrindo cinco para o São Paulo, o primeiro na zona de rebaixamento

Rio - Sob os olhares atentos do técnico recém-contratado Zé Ricardo, que estava nas tribunas do Maracanã, o Vasco voltou a vencer e respirar no Campeonato Brasileiro. Comandado interinamente pelo ex-atacante Valdir Bigode, o time cruzmaltino dominou o clássico e superou o Fluminense por 1 a 0, na tarde deste sábado, no Rio de Janeiro, pela 22.ª rodada da competição.

Com este resultado, o Vasco ganhou seis colocações de forma provisória. Tem 28 pontos, na décima colocação, abrindo cinco para o São Paulo, o primeiro na zona de rebaixamento. Além disso, encerra uma sequência de cinco rodadas sem vitórias, tendo acumulado dois empates e três derrotas neste período. O último triunfo fora sobre o Atlético-MG, por 2 a 1, em Belo Horizonte (MG), pela 17.ª rodada.

Em compensação, o Fluminense deixou o campo vaiado, após uma atuação abaixo da expectativa. Conseguiu apenas uma finalização a gol, poderia ter saído com derrota mais elástica e perdeu a chance de encostar nos grupos dos quatro primeiros colocados, cujos postos asseguram classificação direta à fase de grupos da Copa Libertadores. Agora, segue com 30 pontos, na oitava posição.

Apesar de viver um momento pior no Brasileiro, o Vasco começou melhor no jogo. O Fluminense manteve maior posse de bola e tentou envolver o rival na base da troca de passes. O problema é que foi pouco vertical e praticamente não incomodou o goleiro Martín Silva no primeiro tempo.

Apostando nos contra-ataques, o time de São Januário balançou as redes aos 31 minutos. Após roubada de bola pelo meio, o atacante Andrés Ríos disparou em velocidade rumo ao ataque e rolou a bola para trás. De fora da área, o lateral Ramon acertou uma bomba, no ângulo esquerdo do goleiro Júlio César.

Na segunda etapa, o panorama do jogo não se alterou. O time tricolor seguiu mais tempo com a bola, mas com enormes dificuldades para furar o bloqueio defensivo vascaíno. De novo, as melhores chances foram vascaínas, como aos 42 minutos. O zagueiro Renato Chaves escorregou na área, mas o atacante Paulinho, na cara do gol, chutou em cima de Júlio César.

No próximo dia 10 de setembro, às 16 horas, o Fluminense volta a campo para enfrentar o Vitória, no estádio Barradão, em Salvador (BA). Enquanto isso, o Vasco recebe o Grêmio, no mesmo dia e horário, em local ainda a ser definido.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 0 X 1 VASCO

FLUMINENSE - Júlio César; Lucas (Matheus Alessandro), Renato Chaves, Henrique e Léo; Orejuela, Marlon Freitas (Peu), Wendel (Romarinho) e Gustavo Scarpa; Henrique Dourado e Wellington Silva. Técnico: Abel Braga.

VASCO - Martín Silva; Gilberto (Madson), Breno, Anderson Martins e Ramon; Jean, Wellington, Wagner (Guilherme Costa), Nenê (Paulinho) e Mateus Vital; Andrés Rios. Técnico: Valdir (interino).

GOL - Ramon, aos 31 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (MG).

CARTÕES AMARELOS Marlon Freitas, Lucas (Fluminense); Jean, Madson, Wellington (Vasco).

RENDA - R$ 583.360,00.

PÚBLICO - 19.826 pagantes (23.460 torcedores).

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio.