• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após eliminação do Corinthians, Fagner pede união de brasileiros contra Conmebol

  • COMPARTILHE
Esportes

Após eliminação do Corinthians, Fagner pede união de brasileiros contra Conmebol

No estádio El Cilindro, na Argentina, o Timão manteve a bola no pé, não conseguiu chegar ao gol e sofreu com as expulsões de Rodriguinho e Jô

Os jogadores do Corinthians deixaram o gramado do estádio Presidente Perón, em Buenos Aires, após o empate por 0 a 0 com o Racing, nesta quarta-feira, pela Copa Sul-Americana, muito irritados com a arbitragem de Leodan González, do Uruguai. O lateral-direito Fagner era um dos atletas mais revoltados com a situação.

"O brasileiro sai fora do Brasil e fica desprotegido. É árbitro e todo mundo contra. O futebol brasileiro tem que se unir e ir contra a Conmebol. Aqui tem pai de família e ninguém vai ficar levando tapa na cara", desabafou o lateral-direito, em entrevista à TV Globo.

Ao final da partida, que culminou com a queda do Corinthians da Copa Sul-Americana, os jogadores foram tirar satisfação com o árbitro e reclamar da não marcação de alguns lances e por, segundo eles, a arbitragem deixar os argentinos cometerem faltas sem serem advertidos.

"O juiz apitou para eles o jogo todo. Falta do Jô e ele não dava para nós. O cara chutou a cara do Romero e ele não deu vermelho. O Rodriguinho dividiu uma bola e foi expulso", reclamou o lateral-direito. Rodriguinho e Jô foram expulsos durante a partida.

O Corinthians foi eliminado pelo número de gols marcados fora de casa. No primeiro jogo, realizado no estádio Itaquerão, em São Paulo, o placar foi de 1 a 1. O Racing enfrenta na próxima fase o Libertad, do Paraguai. Já o time do técnico Fábio Carille concentra as suas forças apenas no Campeonato Brasileiro.