• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Espanha não dá chances à Itália, ganha por 3 a 0 e 'coloca um pé' na Copa de 2018

  • COMPARTILHE
Esportes

Espanha não dá chances à Itália, ganha por 3 a 0 e 'coloca um pé' na Copa de 2018

Faltam três rodadas para o término das Eliminatórias. Apenas o líder da chave se garante direto no Mundial e o segundo jogará uma repescagem

A seleção da Espanha deu um passo enorme neste sábado para garantir a sua vaga na Copa do Mundo de 2018, que será na Rússia. No lotado estádio Santiago Bernabéu, em Madri, os espanhóis não deram qualquer chance à Itália e venceram por incontestáveis 3 a 0 - dois gols de Isco e um de Morata -, pela sétima rodada do Grupo G das Eliminatórias Europeias.

Faltam três rodadas para o término das Eliminatórias. Apenas o líder da chave se garante direto no Mundial e o segundo jogará uma repescagem. Agora líder isolada com 19 pontos, a Espanha está com três a mais que a Itália. Como terá adversários mais fracos daqui para frente (Liechtenstein - nesta terça-feira -, Albânia e Israel), os espanhóis estão com "um pé" na Copa da Rússia.

Mesmo derrotados, os italianos não precisam se preocupar tanto com relação ao segundo lugar. Têm quatro pontos a mais que a Albânia, que mais cedo derrotou o lanterna Liechtenstein (sem pontuar até agora) em casa por 2 a 0. Atrás está Israel com nove, que perdeu em casa para a Macedônia (quinta colocada, com seis) por 1 a 0.

Em campo, a postura tática dos espanhóis foi decisiva para evitar qualquer tentativa da Itália de surpreender no estádio Santiago Bernabéu. E logo aos 14 minutos os donos da casa abriram o placar em uma bela cobrança de falta da entrada da área. O responsável foi o meia Isco, do Real Madrid, que fez muita festa com a torcida também ao marcar o segundo pouco antes do intervalo, aos 40, em um chute rasteiro da entrada da área.

Na segunda etapa, a Itália tentou ser mais incisiva na parte ofensiva, mas pouco incomodou a meta defendida por De Gea. Deu até para o zagueiro Sergio Ramos se aventurar ao ataque, como aconteceu aos 32 minutos, quando avançou pela direita e cruzou rasteiro para o centroavante Alvaro Morata completar para as redes e definir a importante vitória espanhola.

OUTROS JOGOS - Pelo Grupo D, País de Gales e Áustria se enfrentaram em Cardiff pressionados pela vitória da Sérvia e pelo empate da Irlanda em jogos realizados mais cedo. Os dois precisavam vencer para seguir com chances e quem se deu melhor foi a seleção da casa. Benjamin Woodburn, aos 29 minutos do segundo tempo, acertou um forte chute rasteiro no canto direito do goleiro Heinz Lindner e decretou o triunfo galês por 1 a 0.

Com 11 pontos, o País de Gales subiu para a terceira colocação e encostou na Irlanda, que está com 13 - a Sérvia lidera com 15. Nesta terça-feira, os galeses jogarão fora de casa contra a Moldávia e quer a vitória para aproveitarem o confronto direto entre irlandeses e sérvios, em Dublin. Com oito pontos em quarto, a Áustria enfrentará a Geórgia em Viena.

Por fim, pelo Grupo I, o jogo entre Croácia e Kosovo não terminou neste sábado. Apenas 27 minutos foram disputados e a forte chuva em Zagreb adiou o restante do duelo, que está empatado sem gols, para este domingo. Assim, a liderança provisória ficou com a Ucrânia, que derrotou a Turquia por 2 a 0, em Kiev. Mais cedo, a Islândia havia perdido para a Finlândia por 1 a 0, em Helsinque.

Na tabela de classificação, os ucranianos estão com 14 pontos, contra 13 de croatas e islandeses. A Turquia aparece em quatro com 11. Nesta terça-feira, os duelos serão Islândia x Ucrânia, Turquia x Croácia e Kosovo x Finlândia.