• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Má fase deixa Jadson perto de perder a vaga no time titular do Corinthians

  • COMPARTILHE
Esportes

Má fase deixa Jadson perto de perder a vaga no time titular do Corinthians

No treino de quarta-feira, ele testou Marquinhos Gabriel e Clayson entre os titulares e deixou Gabriel e Jadson entre os reservas. Mas, visando o jogo com o Cruzeiro, Clayson é quem pode ganhar uma oportunidade

São Paulo - O técnico Fábio Carille não desiste de jogador, como gosta de dizer, mas parece próximo de colocar Jadson no banco de reservas e a mudança pode ocorrer já na partida contra o Cruzeiro, domingo, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. Tanto que na quarta-feira chegou a testar o time sem a presença de seu camisa 10.

Para os jogadores, o treinador disse que era apenas um teste, visando uma necessidade em escalar uma formação mais ofensiva durante os jogos. Entretanto, o fato de o time ter diminuído a criação das jogadas e a má fase do meia fazem com que ele pense na possibilidade de promover mudanças na equipe.

No treino de quarta-feira, ele testou Marquinhos Gabriel e Clayson entre os titulares e deixou Gabriel e Jadson entre os reservas. Mas, visando o jogo com o Cruzeiro, Clayson é quem pode ganhar uma oportunidade após ter entrado bem no clássico com o São Paulo, no domingo passado, quando fez o gol de empate por 1 a 1.

Marquinhos Gabriel também parece viver um momento melhor que o do camisa 10. Ele contabiliza cinco assistências e quatro gols marcados no Campeonato Brasileiro. Além disso, embora não seja tão técnico quanto Jadson, dá maior velocidade ao time, algo que tem faltado nos últimos jogos.

Um dos motivos da queda de rendimento de Jadson pode ser explicado pela fratura que ele teve nas costelas, em julho, que o deixou longe dos gramados por um mês. O tempo parado fez ele perder condicionamento físico e ritmo de jogo.

Após o clássico com o São Paulo, no último domingo, no Morumbi, Carille se esquivou ao comentar a boa atuação de Clayson, autor do belo gol do empate alvinegro por 1 a 1 no confronto, mas não chegou a confirmar a manutenção de Jadson da equipe. "Para construir uma vaga, não é por causa de um jogo ou um gol. Sei da importância do Clayson, mas também sei da do Jadson e da do Marquinhos Gabriel", comentou.