• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Rueda lamenta erros de finalização do Flamengo em final e defende Diego e Muralha

  • COMPARTILHE
Esportes

Rueda lamenta erros de finalização do Flamengo em final e defende Diego e Muralha

O comandante do time rubro-negro finalizou a sua entrevista coletiva com uma projeção positiva para o restante da temporada

Belo Horizonte - O treinador do Flamengo, Reinaldo Rueda, apontou as falhas de finalização da equipe como fator decisivo para a perda do título da Copa do Brasil, nesta quarta-feira à noite, no Mineirão, em Belo Horizonte, após o empate em 0 a 0 com o Cruzeiro no tempo regulamentar e a derrota nas cobranças de pênaltis, por 5 a 3.

"Com certeza, falhou a decisão da finalização. Penso que o jogo era muito fechado, o Cruzeiro estava muito estruturado. Talvez (a perda do título aconteceu) por não ter havia precisão ou falta de sorte para fazer o gol neste jogo", analisou o técnico colombiano em entrevista coletiva após a partida, no Mineirão.

Reinaldo Rueda também procurou defender jogadores muito criticados e apontados por torcedores como responsáveis pela perda do título. Entre eles, o goleiro Alex Muralha, por não ter defendido nenhuma das cinco cobranças dos jogadores cruzeirenses.

"Alex fez um grande trabalho e a situação dos pênaltis estava bem estudada, bem analisada. O Cruzeiro foi bem na execução. Esta vaga na Copa Libertadores não foi (perdida) hoje aqui. Foi no Maracanã (na primeira partida da final) por não termos feito a diferença", justificou o técnico, lamentando o fato de que o seu time não soube aproveitar o fator campo no confronto de ida da decisão.

A penalidade perdida pelo meia Diego, considerado o craque da equipe, também foi citada por Rueda, que elogiou o desempenho do atleta. "Essa situação creio que vivemos sempre no futebol. O jogador de mais experiência ou a figura da equipe que se equivoca, é impreciso nessa decisão. Mas Diego tem caráter é um profissional 500%, que sempre treina com integridade, intensidade, com muita seriedade. Ele vai assimilar muito bem. É um homem que tem uma grande experiência, uma grande trajetória", ponderou.

O comandante do time rubro-negro finalizou a sua entrevista coletiva com uma projeção positiva para o restante da temporada. "Toda a comissão técnica, grupo de jogadores, temos que levantar a cabeça, nos sentirmos orgulhosos pelo trabalho, saber que temos um compromisso grande com a torcida. Que teremos que lutar para que esse trabalho se transforme em resultados porque isso é o que te mantém no futebol. E dar alegrias à torcida. Estamos no caminho de transformar todo o trabalho em resultados e poder comemorar o que o Flamengo merece", aposta.