• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Levir critica pressão 'em excesso' no Santos e diz que pensou em sair

  • COMPARTILHE
Esportes

Levir critica pressão 'em excesso' no Santos e diz que pensou em sair

Com a vitória sobre o Atlético-GO, o Santos chegou aos 53 pontos, em terceiro lugar no Brasileirão. O time volta a jogar no próximo sábado, contra o São Paulo, no Pacaembu

Santos - Mais do que pela vitória por 1 a 0 sobre o Atlético Goianiense, o duelo válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro acabou ficando marcado pelas cobranças do torcedor do Santos que esteve na Vila Belmiro neste domingo. Após o duelo, o primeiro após sua demissão ser dada como certa, na última sexta-feira, algo que acabou não se concretizando, o técnico Levir Culpi avaliou que a equipe está sendo alvo de cobrança exagerada.

"Há uma pressão em excesso. Não tem lógica, é algo quase que insuportável. Se continuar assim, jogadores vão fazer quatro ou cinco contratos por ano. É uma cobrança descontrolada", afirmou o treinador santista.

Levir ficou na "corda bamba" após o Santos empatar por 1 a 1 com o Sport na quinta-feira, no Recife. O resultado, inclusive, provocou protestos da torcida, o que incluiu pichações na Vila Belmiro.

O excesso de cobranças fez Levir, inclusive, pensar em pedir demissão, como revelou neste domingo. "Nós erramos muito, mas quem da torcida erra menos? É um julgamento absurdo, eu mesmo cheguei a pensar em sair", disse.

Levir também saiu em defesa do meia Lucas Lima, principal alvo das cobranças dos santistas, especialmente por estar com o seu futuro indefinido - seu contrato se encerrará ao término da temporada. "Uma parte da torcida aplaudiu. Foi obrigada a aplaudir porque viu o esforço, ele deu tudo o que tinha", comentou, elogiano o desempenho do meia neste domingo.

Com a vitória sobre o Atlético-GO, o Santos chegou aos 53 pontos, em terceiro lugar no Brasileirão. O time voltará a jogar no próximo sábado, quando vai encarar o São Paulo, no Pacaembu, pela 31ª rodada.