• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mestre Jamelão cura depressão e volta motivado aos tatames no Tancredão

  • COMPARTILHE
Esportes

Mestre Jamelão cura depressão e volta motivado aos tatames no Tancredão

Eduardo Jamelão cura depressão, volta motivado aos tatames e vai defender o Catar no Europeu

Inspiração da década de 90 e dos anos 2000, Mestre Eduardo Jamelão volta aos tatames no próximo domingo, dia 15, no Tancredão, em Vitória. O carioca vai realizar a Copa Mestre Eduardo Jamelão. Recuperado de uma depressão, o Mestre ainda treina para disputar o Campeonato Europeu pelo Catar em Lisboa, Portugal.

No jiu-jítsu, o Mestre já foi campeão mundial competindo pela CBJJO, vice-campeão mundial pela CBJJ, campeão pan-americano e sete vezes campeão brasileiro, além de ter sido campeão carioca e capixaba. Jamelão conta os dias para a grande volta.

“Estou muito feliz e realizado com esta minha volta”, acrescentou o atleta de 44 anos

Antes de residir no Estado, Jamelão já havia construído cartel de fantásticos títulos no jiu-jítsu, que não pararam de florescer também por aqui. Jamelão foi um dos mais importantes introdutores da "Arte Suave" em terras capixabas. Carioca radicado, há pelo menos 15 anos, no Espírito Santo, em tatames locais, desfilou técnicas refinadas do jiu-jítsu com garra singular e carisma, muito carisma.

No começo dos anos 2000, com a memorável luta com o Rafael Carioca, Jamelão fez o ginásio do Álvares Cabral tremer, quando venceu mostrando sua grande habilidade no solo e também na “trocação”. Mais de oito mil pessoas compraram ingressos para ver de perto um dos combates mais esperados do país, principalmente devido à grande rivalidade entre os dois fomentada no Rio de Janeiro.

Depressão x amor pelo esporte

Em função das poucas oportunidades de competir profissionalmente, Jamelão passou a viver momentos duros abraçado com a depressão. “Foi uma fase complicada. Difícil. Sofri muito”, comentou.

Com apoio dos amigos, dos alunos, com fé em Deus e praticando jiu jítsu, sua grande paixão, Jamelão voltou a treinar forte e está de volta às competições.

“Participei de dois campeonatos: um em agosto, o Open Vitória da Confederação Brasileira de Jiu Jítsu e outro em setembro, a Copa Pepê Classic e nos dois campeonatos fui campeão em duas categorias, peso médio e absoluto”, revelou.

Jamelão visa agora o topo do ranking. E vai defender outro país. “Estou estudando com a minha equipe, mas é oportunidade de ouro de dar a volta por cima e mostrar que posso chegar ao auge novamente”, disse.

Copa Mestre Jamelão

Jamelão consta entre os organizadores (e será homenageado) com a Copa Mestre Jamelão, que será realizada no Ginásio do Tancredão domingo que vem (dia 15).

“É um grande sonho que vou realizar, reunir grandes atletas, alunos, amigos e as pessoas que admiram o meu trabalho. Este campeonato será o primeiro de muitos, se Deus quiser” acrescentou.

Recuperado da depressão, Jamelão comemora. E com muito bom humor. “Estou voando baixo”, brincou.

E nem cogita deixar o Espírito Santo. “Foi uma paixão à primeira vista. Amo este Estado. Fui muito bem recebido, fiz grandes amigos. Hoje faço parte da família capixaba do jiu-jítsu”, afirmou.