• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Nadal salva dois match points e bate francês de virada na estreia em Pequim

  • COMPARTILHE
Esportes

Nadal salva dois match points e bate francês de virada na estreia em Pequim

Líder do ranking mundial e cabeça de chave número 1 do ATP 500 chinês, o tenista espanhol precisou salvar dois match points para vencer o francês Lucas Pouille por 2 sets a 1

Pequim - Rafael Nadal sofreu muito nesta terça-feira, mas confirmou favoritismo em sua estreia no Torneio de Pequim. Líder do ranking mundial e cabeça de chave número 1 do ATP 500 chinês, o tenista espanhol precisou salvar dois match points para vencer o francês Lucas Pouille por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 4/6, 7/6 (8/6) e 7/5, em 2 horas e 31 minutos de batalha.

Atual 23º colocado do ranking da ATP, Pouille já havia sido responsável pela eliminação de Nadal no US Open do ano passado, quando surpreendeu o rival com um triunfo por 3 sets a 0 no Grand Slam realizado em Nova York. E agora esteve por duas vezes a um ponto de fechar a partida no segundo set. O espanhol, porém, resistiu à pressão e foi buscar a virada para garantir vaga na segunda rodada da competição.

Essa foi a segunda vitória de Nadal em três jogos contra Pouille, que encarou o espanhol pela primeira vez em 2015, quando foi atropelado pelo adversário no saibro do Masters 1000 de Montecarlo, por 6/2 e 6/1. Em piso duro, porém, o francês atuou de igual para igual com o poderoso adversário pela segunda vez seguida.

Com a vitória no sufoco na estreia, o número 1 do mundo se credenciou para enfrentar na segunda rodada o vencedor da partida entre o russo Karen Khachanov e o chinês Di Wu, programada para ser encerrada ainda nesta terça-feira no final da programação noturna em Pequim (esta manhã no horário de Brasília).

Na partida desta terça, Pouille exibiu eficiência no seu saque já a partir do primeiro set, no qual confirmou todos os seus serviços sem oferecer chances de quebra e ainda converteu um de dois break points para abrir a vantagem inicial de 6/4.

Já a segunda parcial foi ainda mais equilibrada. Nenhum dos tenistas conseguiu conquistar quebras de saque e a disputa foi ao tie-break, no qual o francês abriu dois pontos de vantagem e chegou a ter um match point com o serviço na mão. Entretanto, o espanhol se salvou e depois sacou para empatar o jogo em 6/6, antes de fazer dois pontos seguidos e fechar o desempate em 8/6.

O equilíbrio foi mantido no terceiro set, com Nadal e Pouille confirmando todos os seus saques até o 10º game. No 11º, porém, o espanhol conseguiu a sua primeira e única quebra de serviço no jogo e fez 6/5. Em seguida, confirmou o seu serviço e garantiu a virada com um 7/5.

OUTROS JOGOS - Em outro duelo realizado nesta terça-feira, o argentino Juan Martín del Potro estreou com vitória em Pequim ao bater o uruguaio Pablo Cuevas por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/4.

Algoz de Roger Federer no último US Open, no qual só foi ser derrotado por Nadal nas semifinais, Del Potro assim avançou para enfrentar na próxima fase o búlgaro Grigor Dimitrov, terceiro cabeça de chave, que abriu a sua campanha nesta terça superando o bósnio Damir Dzumhur por 2 sets a 1, com 6/1, 3/6 e 6/3.

O norte-americano John Isner, sexto pré-classificado, também confirmou favoritismo na estreia ao bater o tunisiano Malek Jaziri por 6/2 e 6/3. Assim, ele se credenciou para encarar na segunda rodada o argentino Leonardo Mayer, que derrotou o italiano Paolo Lorenzi com parciais de 7/6 (8/6), 5/7 e 6/4.

Outro cabeça de chave que venceu fácil na estreia foi o australiano Nick Kyrgios. Oitavo na lista de favoritos, ele passou pelo georgiano Nikoloz Basilashvili por 6/1 e 6/2 e avançou para encarar na próxima fase o alemão Mischa Zverev.

Já o checo Tomas Berdych, sétimo pré-classificado, tomou um susto ao levar um "pneu" no segundo set, mas abriu campanha derrotando o norte-americano Jared Donaldson por 6/3, 0/6 e 6/2. O seu rival na segunda rodada será o russo Andrey Rublev, que passou por outro tenista dos EUA, Jack Sock, batido de virada com 3/6, 6/1 e 6/2.