• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Eurico celebra decisão da Justiça a seu favor e diz: 'Vasco segue seu curso'

  • COMPARTILHE
Esportes

Eurico celebra decisão da Justiça a seu favor e diz: 'Vasco segue seu curso'

Na última quinta, a desembargadora Marcia Ferreira Alvarenga concedeu efeito suspensivo ao Vasco e determinou que os votos da polêmica urna 7 voltassem a ser considerados

Rio - O presidente Eurico Miranda veio a público nesta sexta-feira para comentar a decisão da Justiça da última quinta-feira, que garantiria a vitória da última eleição do Vasco à sua chapa. Após uma nova reviravolta no caso, o dirigente considerou que, agora, o clube "pode seguir o seu curso normal".

Na última quinta, a desembargadora Marcia Ferreira Alvarenga concedeu efeito suspensivo ao Vasco e determinou que os votos da polêmica urna 7 voltassem a ser considerados, enquanto não é realizada uma perícia técnica. Com isso, a chapa "Reconstruindo o Vasco", de Eurico, voltou a ser primeiro lugar no pleito.

"Gostaria de dizer que o Vasco segue no seu curso normal. Foi restabelecido o curso normal, o que tira a preocupação de muita gente. Infelizmente, esse tipo de coisa só prejudica o Vasco. É algo que é feito no sentido de atrapalhar que a gente alcance os nossos objetivos, mas nós continuamos no nosso ritmo. No futebol, especificamente, o nosso objetivo continua o mesmo e vamos atrás de concretizá-lo", declarou o presidente.

Anteriormente, a juíza Maria Cecilia Pinto Gonçalves ordenou que a urna 7 fosse desconsiderada, após acusação da oposição de que os votos foram dados por torcedores que se tornaram sócios do clube de forma maciça entre novembro e dezembro de 2015, quando se encerrou o período para se tornarem aptos para participar do pleito.

Desta forma, a vitória seria da chapa "Sempre Vasco", capitaneada por Julio Brandt. Com o efeito suspensivo, porém, Eurico celebrou e criticou o concorrente. "Ele (Brandt) quer assumir o poder a todo custo, mas as coisas não acontecem assim", disse.

Mesmo que a decisão de quinta-feira não lhe garanta a vitória, já que uma perícia será realizada para determinar o resultado da eleição, Eurico se mostrou confiante. "Não tem próximo passo. O processo eleitoral está restabelecido. A decisão é muito clara, está restabelecido o pleito, estão contados todos os votos que deveriam ser contados. A única coisa objetiva que se tem é que vão ser periciados os documentos que foram entregues, algo que já havíamos solicitado antes."

Eurico também atacou a chapa rival e garantiu que ela trouxe prejuízos ao Vasco. "Essa indefinição que foi colocada, com a mídia falando de candidato que já estava querendo contratar A, B, C ou D, traz um problema interno. O importante aqui no Vasco, especificamente no futebol, é que eles sabem com quem estão lidando, eles sabem que tem um presidente que responde pelos seus atos, ainda mais com restabelecimento do andamento normal da vida no Vasco. O futebol foi atingido, sem dúvidas, mas estamos buscando amenizar o dano que possa ter sido causado."

Por fim, o presidente ainda acusou o advogado Alan Belaciano, aliado da chapa "Sempre Vasco", de forjar depoimentos de sócios que se diziam irregulares e teriam participado da eleição mesmo assim.

"Ficou muito claro e já está comprovado que isso foi forjado por essa chapa de oposição. O elemento principal que levou ao acontecimento disso tudo é um indivíduo chamado Alan Belaciano. Ele é que levou as pessoas a fazerem os depoimentos. Não sei de quem esse indivíduo é advogado, apenas que é um advogado contra o Vasco. Isso vai ficar público. Já disse que ele induziu as pessoas a fazerem esse tipo de coisa. Mas tudo isso será devidamente revelado."