• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

'Nem passa pela minha cabeça a Itália ficar fora da Copa', avisa De Rossi

  • COMPARTILHE
Esportes

'Nem passa pela minha cabeça a Itália ficar fora da Copa', avisa De Rossi

A definição do classificado começará nesta sexta-feira, quando a Itália visita a Suécia em Estocolmo. Na segunda que vem, recebe o adversário em Milão. Se a vaga de fato vier, De Rossi deverá ir a seu quarto Mundial

Florença - O veterano Daniele De Rossi mostrou confiança na classificação da Itália para a Copa do Mundo do ano que vem, na Rússia. Em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira, no CT da seleção, em Florença, o jogador de 34 anos disse nem considerar a possibilidade de a equipe cair para a Suécia na repescagem.

"Não participar da Copa seria algo muito negativo. Não ir ao Mundial é algo que nem passa pela minha cabeça", declarou. "Temos a convicção de que somos fortes, talvez melhores do que a Suécia, mas também temos um pouco de medo. É algo natural. Os jogadores fortes estão em todos os países, então é preciso cuidado. Nós temos muita confiança."

A definição do classificado começará nesta sexta-feira, quando a Itália visita a Suécia em Estocolmo. Na segunda que vem, recebe o adversário em Milão. Se a vaga de fato vier, De Rossi deverá ir a seu quarto Mundial. Ele é um dos poucos remanescentes do título de 2006, na Alemanha, ao lado de Buffon e Barzagli.

"Seria legal se pudesse jogar minha quarta Copa do Mundo. É um evento que ninguém quer perder. Há um ambiente positivo aqui, este time é bom e nos sentimos encaixados. Vamos dar tudo em campo, mas é preciso compostura, organização, técnica e precisaremos correr. Temos que jogar duas partidas inteligentes", avaliou.

De Rossi pediu atenção ao adversário na primeira partida e avisou os torcedores de Milan e Inter de Milão para esquecerem a rivalidade e apoiar a seleção na volta. "É preciso ficar do lado da Itália e deixar a rivalidade de clube de lado. Foram vendidos 65 mil ingressos e espero que San Siro veja um grande espetáculo."