• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Paulinho quer 'faca nos dentes' para Vasco buscar vaga na Libertadores

  • COMPARTILHE
Esportes

Paulinho quer 'faca nos dentes' para Vasco buscar vaga na Libertadores

Na briga pela Libertadores, o Vasco soma 50 pontos e ocupa o nono lugar da tabela do Brasileirão. Está a duas posições e a dois pontos do Botafogo, sétimo colocado e último na zona de classificação

Rio - Faltam apenas dois jogos para o Vasco encerrar sua participação no Campeonato Brasileiro. Mas os seis pontos em disputa serão decisivos para o futuro do time carioca na próxima temporada. Isso porque a equipe de São Januário ainda busca a vaga na Copa Libertadores. E, para alcançar a classificação, o jovem atacante Paulinho pediu "faca nos dentes" nestas partidas finais.

"Independente do que o Vasco passou nos últimos anos, o nosso objetivo sempre foi o máximo, chegar na Libertadores, almejar títulos. Vamos entrar nestes dois jogos com faca nos dentes para conseguir os resultados positivos", disse Paulinho, nesta quarta-feira. Os próximos rivais do Vasco serão o Cruzeiro (domingo, no Mineirão) e a Ponte Preta (dia 3, em São Januário).

Paulinho credita o momento favorável do Vasco na competição, após forte oscilação na metade do campeonato, à atuação do técnico Zé Ricardo. "No começo da competição fizemos uma boa campanha dentro de casa, conseguimos resultados importantes, mas estávamos deixando a desejar fora de casa. Agora no segundo turno, com um novo treinador, com uma outra filosofia de jogo, entramos na briga pela Libertadores."

A vaga na Libertadores coroaria a grande temporada do jovem Paulinho no Vasco. O jogador de apenas 17 anos faz um ano de muitas conquistas em sua carreira, a começar pela participação na seleção brasileira sub-17 e as primeiras chances no time sub-20 do Vasco. Depois, a promoção ao time profissional. Nesta quarta, outra novidade: sua primeira entrevista coletiva como profissional do Vasco.

"É um dos melhores anos da minha carreira. Comecei a temporada atuando no sub-17, fui para a seleção brasileira disputar o Sul-Americano e retornei já para jogar no sub-20. Logo em seguida, graças a Deus, acabei sendo promovido ao profissional. Hoje eu sou um jogador mais maduro. Fico feliz com o momento que estou vivendo. A minha meta é continuar evoluindo para chegar nos próximos anos e conquistar ainda mais espaço", projetou o atacante.

Na briga pela Libertadores, o Vasco soma 50 pontos e ocupa o nono lugar da tabela do Brasileirão. Está a duas posições e a dois pontos do Botafogo, sétimo colocado e último na zona de classificação para a competição sul-americana. O Atlético Mineiro, com os mesmos 50 pontos, também está na briga.