• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Sidão reforça meta de seguir titular no São Paulo: 'Não sou um golpe de sorte'

  • COMPARTILHE
Esportes

Sidão reforça meta de seguir titular no São Paulo: 'Não sou um golpe de sorte'

O goleiro está provando que não é um "golpe de sorte" e acredita que é merecedor da posição independentemente da chegada de reforços para a temporada 2018

São Paulo - Titular do gol do São Paulo desde a 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, o goleiro Sidão diz estar provando que não é um "golpe de sorte" e acredita que é merecedor da posição na meta tricolor independentemente da chegada de reforços para a temporada 2018.

"Estou provando que não sou um golpe de sorte", afirma Sidão. "Já é a segunda vez que eu pego uma bucha de situação e provo que tenho condição de jogar em alto nível. Aqui é minha casa, minha vida, estou provando meu valor. Quem chegar, vai brigar pela posição, mas eu vou brigar para me manter aqui."

Para Sidão, sua experiência deve fazer com que ele seja uma referência pra novos goleiros do São Paulo, sobretudo porque Dênis e Renan Ribeiro ainda estão em situação indefinida quanto à renovação ou não com o clube.

O goleiro elogiou Jean, do Bahia, que negocia sua vinda para o Morumbi. "Vai ser inevitável não ter essa postura de referência. Temos os garotos da base, que jogam bem e já têm experiência de jogo, mas quem vier será bem-vindo. O Jean ainda não está certa a contratação, mas o que vi dele é que ele é bom, pela idade já joga em alto nível e vai acrescentar bastante se isso se concretizar. Quem vier, será bem-vindo, e a disputa será sadia e honesta."

Apesar do sufoco da equipe tricolor na temporada, Sidão avalia que, pessoalmente, o balanço é positivo. "Comecei o ano de forma boa, mas uma lesão me atrapalhou bastante. Recuperado, voltei, estou trabalhando e agora provo meu valor e meu talento. O jogador dá resposta dentro do campo. O ano encerra bem para mim, particularmente."

Livre do risco de rebaixamento para a Série B do Brasileiro, o São Paulo deve ir a campo para os últimos dois jogos do torneio focado em garantir uma vaga numa competição continental - a Copa Libertadores segue como sonho para o time, que tem mais chance de se garantir na Sul-Americana.

"Vamos jogar (contra Coritiba e Bahia) buscando fazer o maior número de pontos. Queremos fazer seis pontos para ficar num lugar que nos proporcione outra competição no ano que vem. Já era uma definição: se livrar do rebaixamento e agora buscar algo melhor. Queríamos que isso tivesse acontecido antes, mas agora vamos buscar mais seis pontos."