• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Auxiliar técnico diz que apagão no Independência prejudicou o Grêmio

  • COMPARTILHE
Esportes

Auxiliar técnico diz que apagão no Independência prejudicou o Grêmio

Comandada pelo auxiliar César Bueno, o Grêmio entrou em campo com uma equipe formada por garotos. O elenco principal e o técnico Renato Gaúcho ganharam folga da diretoria

Belo Horizonte - O auxiliar técnico César Bueno, substituto de Renato Gaúcho no comando do Grêmio na rodada final do Brasileirão, classificou a queda da iluminação do estádio Independência, em Belo Horizonte, como fator que prejudicou o desempenho da equipe na derrota por 4 a 3 para o Atlético Mineiro, neste domingo.

César Bueno colocou em campo uma equipe formada por garotos do chamado grupo de transição gremista - uma espécie de time B, com jovens das categorias de base -, pois o elenco principal e o técnico Renato Gaúcho ganharam folga da diretoria do clube depois da conquista do tricampeonato da Copa Libertadores, na quarta-feira passada.

"Sabíamos que o estádio estaria lotado. O time do Galo é experiente. Precisava da vitória. Nossa estratégia foi colocar três velocistas à frente para ter o escape. Deu certo até o fim. Talvez se não tivesse apagado as luzes... Era nossa alternativa de contra-ataque. Acho que deu certo", analisou César em entrevista coletiva após o jogo.

O interino elogiou especialmente a atuação do meia Jean Pyerre, autor do primeiro gol da equipe e responsável pela assistência para o gol de Pepê. "Conversei com o Jean no vestiário. Ele reproduziu no profissional o que faz na base", finalizou César Bueno.

O Grêmio terminou o Brasileirão na quarta colocação, com 62 pontos. Mas o grupo principal está focado na disputa do Mundial de Clubes da Fifa, nos Emirados Árabes Unidos. A equipe brasileira estreia no dia 12, contra o vencedor de Pachuca (México) e Wydad Casablanca (Marrocos). O jogo é válido pelas semifinais do torneio.

Na outra chave, o Real Madrid - vencedor da Liga dos Campeões da Europa - enfrentará o ganhador da partida entre Urawa Reds (Japão) e o vencedor do jogo entre Al Jazira (Emirados Árabes Unidos) e Auckland (Nova Zelândia). A final da competição está marcada para o dia 16 de dezembro.