• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Brasil empata com Montenegro e está eliminado do Mundial de Handebol

  • COMPARTILHE
Esportes

Brasil empata com Montenegro e está eliminado do Mundial de Handebol

O time brasileiro precisava da vitória para se classificar

A seleção brasileira feminina de handebol decepcionou e foi eliminada do Mundial da modalidade nesta sexta-feira. Com uma campanha para ser esquecida, as comandadas do espanhol Jorge Dueñas deixaram a briga pelo título ao ficarem no empate por 23 a 23 diante de Montenegro em Oldenburg, na Alemanha.

O time brasileiro precisava da vitória para se classificar. O resultado desta sexta deixou a seleção na quinta colocação do Grupo C, com quatro pontos, um atrás de Montenegro e Japão, que garantiram vaga nas oitavas de final ao lado da líder Rússia e da Dinamarca.

O Brasil agora brigará apenas pelo 17.º lugar. Muito pouco para uma seleção que conquistou o título da competição há quatro anos e que foi para a Alemanha com uma geração renovada, tentando iniciar o ciclo olímpico visando Tóquio-2020 deixando uma boa impressão.

Nas cinco partidas nesta primeira fase, o Brasil conseguiu apenas uma vitória, suada, diante da frágil Tunísia. Foram ainda dois empates, contra Montenegro e Japão, e duas derrotas, para Rússia e Dinamarca. Agora, jogará com Camarões no domingo. Se vencer, pegará Angola ou Polônia para definir o 17.º lugar do torneio.

Desde o início, estava claro que a partida desta sexta seria nervosa, disputada. Montenegro largou na frente, chegou a abrir dois gols de vantagem, mas o Brasil reagia e encostava. Quando a distância chegou a três gols para o time europeu, as comandadas de Jorge Dueñas mostraram poder de recuperação novamente, buscaram o empate e, nos últimos minutos, viraram.

Na etapa final, o cenário se inverteu. Eram as brasileiras que mantinham um gol de vantagem, com Montenegro sempre correndo atrás do empate. Só que, aos poucos, as muitas exclusões de jogadoras da seleção começaram a pesar. As montenegrinas se aproveitaram, buscaram o empate e passaram à frente.

Se Montenegro aproveitava o longo período em que a seleção tinha uma jogadora a menos, o Brasil não fazia o mesmo. Com muitos erros de passes, o time brasileiro viu as adversárias abrirem dois gols de vantagem. Mas quando parecia que a derrota se encaminhava, veio uma nova reação.

A sete minutos para o fim, Deonise recolocou o Brasil à frente: 21 a 20. O empate veio logo na sequência, mas Samira, em contra-ataque puxado pela goleira Bárbara, deu outra vez a liderança para o País. Mas, novamente, a equipe não soube segurar a vantagem.

Os últimos momentos da partida, então, foram emocionantes. Com pouco mais de um minuto para o fim, Ana Paula converteu um tiro de sete metros, mas viu Montenegro chegar à igualdade na sequência. A última chance veio nas mãos de Samira, mas ela parou na goleira montenegrina e selou a eliminação do País.