• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Com gols de brasileiro, Urawa Red Diamonds vence e garante 5º lugar no Mundial

  • COMPARTILHE
Esportes

Com gols de brasileiro, Urawa Red Diamonds vence e garante 5º lugar no Mundial

Em partida disputada no Estádio Hazza bin Zayed, em Al Ain, o time japonês superou o marroquino Wydad Casablanca por 3 a 2, com dois gols do zagueiro brasileiro Maurício Antônio

Al Ain - Com participação decisiva brasileira, o Urawa Red Diamonds conquistou nesta terça-feira o quinto lugar no Mundial de Clubes, que está sendo realizado nos Emirados Árabes Unidos. Em partida disputada no Estádio Hazza bin Zayed, em Al Ain, o time japonês superou o marroquino Wydad Casablanca por 3 a 2, com dois gols do zagueiro brasileiro Maurício Antônio.

Semifinalista no Mundial de 2007, o Urawa Red Diamonds voltou a jogar a competição dez anos depois após vencer a Liga dos Campeões da Ásia em novembro. Só que o clube japonês decepcionou na sua estreia, nas quartas de final, ao perder por 1 a 0 para o Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos, anfitrião do torneio e que na competição asiática vencida pelo Urawa caiu logo na fase de grupos.

Nesta terça, porém, o Urawa ao menos conseguiu se despedir do Mundial com uma vitória numa partida em que teve mais controle da posse de bola e dominou o adversário na etapa final, após levar alguns sustos no primeiro tempo diante do Wydad Casablanca, que neste ano venceu a Liga dos Campeões da África, mas caiu no Mundial para o Pachuca, por 1 a 0, em duelo definido na prorrogação.

O duelo desta terça foi a preliminar da semifinal entre Grêmio e Pachuca. E os torcedores que chegaram mais cedo ao estádio em Al Ain acompanharam um duelo mais movimentado do que Urawa e Wydad haviam feito em seus confrontos das quartas de final, com várias oportunidades, especialmente no primeiro tempo.

O Urawa saiu na frente com um belo gol, aos 18 minutos, marcado por Maurício em um chute da intermediária. A reação do Wydad, porém, foi imediata. E, após perder uma grande chance, o time arrancou o empate. Aos 21, Ismail El Haddad cobrou falta da intermediária, ninguém desviou e Shusaku não conseguiu fazer a defesa.

Só que o Urawa voltou a passar à frente aos 26 minutos, em uma boa trama ofensiva do time japonês, que contou com a participação do atacante brasileiro Rafael Silva e terminou com a finalização de Kashiwagi de dentro da grande área.

Na etapa final, Maurício voltou a aparecer. Foi dele o terceiro gol do Urawa, que surgiu após uma cobrança de falta ensaiada em que o rebote de corte da defesa adversária caiu em seus pés. O brasileiro, então, finalizou às redes e fez 3 a 1.

O Wydad tentou pressionar, especialmente em jogadas aéreas, e não vinha tendo sucesso até os acréscimos do segundo tempo, quando o juiz marcou pênalti para o time marroquino após consulta ao árbitro de vídeo, detectando um puxão na grande área. Hajhouj converteu a cobrança, aos 49 minutos, mas não houve tempo para ampliar a reação o time marroquino. Assim, o Urawa assegurou a vitória e o quinto lugar no Mundial de Clubes.