• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Fabiano Eller organiza partida de despedida com Campeões Mundiais em Linhares

  • COMPARTILHE
Esportes

Fabiano Eller organiza partida de despedida com Campeões Mundiais em Linhares

Com 22 anos de carreira, o capixaba Fabiano Eller promove o jogo de despedida no terra natal. Os planos do zagueiro no futebol não se encerram, Eller projeta restaurar o futebol capixaba

Com um currículo carregado de títulos e conquistas pelo mundo, o zagueiro Fabiano Eller, 40 anos, oficializa a aposentadoria dos gramados no sábado, 9, no estádio  Joaquim Calmon, em Linhares às 13h. 

Após 22 anos dedicados ao futebol, o zagueiro escolheu cidade natal, e local que o projetou para o futebol nacional, para fazer a despedida. Com sensação de dever comprido, o camisa 4 vai reunir amigos que conquistou nos clubes por onde passou para uma partida festiva. 

Sou um cara privilegiado por tantos clubes e títulos que tive. Joguei na seleção e Europa. Fui feliz no futebol e sei que dei alegria para muita gente, frisou.

Estão confirmados para a partida: Tinga, Bolívar, Fabinho e Adriano Gabiru, autor do gol do título mundial em (2006), Perdigão, Buru, Daniel Moraes do Paraná, Andrade ex-vasco, Carlos Germano e outros de fora do país e mais uns 10 aqui do Estado.

Carreira

Fabiano Eller iniciou a carreira em 1995, no Linhares, no qual foi Campeão Capixaba. Em 1996 foi contratado pelo Vasco da Gama, clube que o projetou para o Mundo. No Clube carioca, Eller conquistou títulos importantes como: Copa Mercosul, Libertadores e Campeonato Brasileiro, Além do Vasco, Fabiano Eller atuou no Flamengo, Fluminense, Palmeiras, Santos, Internacional, Brasil de Pelotas, Audax Rio, Náutico, São José, Red Bull Brasil e Joinville. Fora do Brasil, Fabiano atual pelo Atlético de Madrid, da Espanha, Trabzonspor, da Turquia e Al-Wakrah e Al-Ahli, do Catar. 

Mas foi no Internacional que o zagueiro conquistou o título mais importante da carreira. Em 2006, quando estava na equipe gaúcha, Eller conquistou o Mundial de Clubes encima de nada mais e nada menos que o Barcelona de Messi, Ronaldinho, Deco e cia.

Contra o Barcelona a preparação maior foi mental. Claro que tínhamos estratégias vinda do treinador, estávamos voando em 2006. Para a maioria era o maior jogo da vida. Pra mim, o mundial é o título mais importante", destaca.

Futebol Capixaba

Longe de ter destaque na elite do futebol brasileiro, as equipes capixabas já foram pedra no sapato de muito clubes. Fabiano Eller lembra que no início da carreira, quando atuou no Linhares, as torcidas lotavam os estádios e atualmente não há investimentos para a melhoria do futebol local, que luta para ter acesso à série C do Brasileirão.

Futebol na década de 90 lotava estádios. Era um campeonato respeitado. Hoje não dão mais valor para essa competição. As pessoas não vão ao estádio. Infelizmente os clubes, acho que por causa dos maus dirigentes, perderam a credibilidade. As grandes empresas não apoiam mais e sem grana não se faz futebol. Hoje o amador e o futebol de interior tem mais valor do que o campeonato capixaba.

Para o Capixaba, há esperança no futebol capixaba, mas é preciso planejamento e investimento há longo prazo, O zagueiro não pretende abandonar os gramados. Segundo Fabiano, a ideia é ajudar o esporte capixaba e sonhar com a elite do futebol brasileiro e a conquistar títulos importantes.

Eu voltei quero ajudar o esporte aqui no estado. Tenho projetos para o esporte. Para recuperar o futebol capixaba é preciso planejamento a longo prazo e bons dirigentes que paguem os clubes com interesse em tornar nosso futebol forte. Que esses caras tenham credibilidade. Muitas pessoas querem ajudar o campeonato capixaba, mas não querem entrar mais em clubes e projetos furados.

SERVIÇO

LOCAL: Estádio Joaquim Calmon
DIA:  Sábado, 09 de dezembro de 2017
ENTRADA: 2KG de alimento não perecível