• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mourinho ironiza gastos do City: 'Contrata laterais pelo preço de atacantes'

  • COMPARTILHE
Esportes

Mourinho ironiza gastos do City: 'Contrata laterais pelo preço de atacantes'

Na última terça-feira, o treinador português ironizou mais uma vez o time comandado por Pep Guardiola, que lidera o Campeonato Inglês com sobras

Manchester - José Mourinho, técnico do Manchester United, continua engasgado com o rival Manchester City após a derrota no clássico do entre as duas equipes no início do mês que teve até briga nos vestiários após o jogo. Na última terça-feira, o treinador português ironizou mais uma vez o time comandado por Pep Guardiola, que lidera o Campeonato Inglês com sobras, após o empate da sua equipe contra o Burnley no sufoco.

Durante a entrevista coletiva após o final da partida, que terminou em 2 a 2 com dois gols de Lingard que salvaram a sua equipe da derrota, Mourinho teve que se defender das críticas pelo desempenho ruim dos seus comandados em campo - ele escalou o belga Romelu Lukaku e o sueco Zlatan Ibrahimovic juntos no ataque pela primeira vez, mas os dois passaram em branco.

"Uma coisa é um grande clube, e outra é um grande time. São duas coisas diferentes. Estamos no segundo ano de uma tentativa de reconstrução de um time de futebol que não é um dos maiores times do mundo. Já o Manchester City contrata laterais pelo preço de atacantes", afirmou.

O técnico, então, foi questionado pelo valor que o Manchester United gastou nas duas temporadas em que ele está à frente do clube. "Não é o suficiente", bradou. "O preço (que se cobra) para os grandes clubes é diferente do que para os outros. Os grandes clubes históricos normalmente são punidos no mercado por causa da sua história".

Irritado, Mourinho ainda comentou os gols sofridos pela sua equipe na partida contra o Burnley nesta terça. "Foi outro gol de 'm...', não preciso dizer as outras letras da palavra porque vocês sabem o que é. Foi um gol de 'm...', é isso que está acontecendo atualmente nos nossos jogos, e esses gols têm tido grande impacto", lamentou.