• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Victor Ferraz se diz lisonjeado com interesse do São Paulo, mas ficará no Santos

  • COMPARTILHE
Esportes

Victor Ferraz se diz lisonjeado com interesse do São Paulo, mas ficará no Santos

Vitor Ferraz foi indicado pelo técnico Dorival Junior, com quem trabalhou na Vila Belmiro

O Santos não vai perder o seu lateral-direito titular para a temporada de 2018. Indicado pelo técnico Dorival Junior, com quem trabalhou na Vila Belmiro, Victor Ferraz comentou nesta sexta-feira o interesse do São Paulo por sua contratação para o próximo ano. Só que o próprio tratou de esfriar os planos tricolores afirmando que pretende continuar na Baixada Santista.

"Fico lisonjeado com os elogios de um treinador com esse gabarito, mas tenho contrato por mais dois anos. Não seria uma negociação fácil, mas só de haver o interesse de um grande clube já fico lisonjeado", disse Victor Ferraz em entrevista ao canal de TV a cabo SporTV.

"Vou iniciar a quinta temporada pelo Santos. Soube do interesse do São Paulo, mas repito: tenho contrato e nem tem como comentar essas coisas", avisou o lateral-direito santista, que está em João Pessoa, na Paraíba, onde nasceu, inaugurando um projeto social neste fim de semana.

ELEIÇÕES

O Santos realiza neste sábado a eleição para escolha de presidente e conselheiros para o triênio 2018/2020. O pleito terá início às 10 horas, no ginásio da Vila Belmiro, em Santos, com a presença de 100 associados para abrir a assembleia, depois com qualquer número. Na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), em São Paulo, onde também vai haver votação, o pleito terá início 15 minutos após o início da votação da Vila Belmiro. O término acontece às 18 horas. Logo após será iniciada a apuração.

Quatro candidatos disputam a eleição santista para um mandato de três anos. Modesto Roma Junior busca a reeleição enquanto que a oposição está dividida em três nomes: Andres Rueda, José Carlos Peres e Nabil Khaznadar. Modesto defende a redução da dívida; os rivais defendem maior uso do estádio do Pacaembu, em São Paulo.