• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após prisão de Puigdemont, líder catalão pede "defesa dos direitos"

  • COMPARTILHE
Geral

Após prisão de Puigdemont, líder catalão pede "defesa dos direitos"

O presidente do Parlamento da Catalunha, Roger Torrent, conclamou aos cidadãos para irem às ruas em defesa "dos direitos e liberdades" da região após a prisão do líder separatista e ex-presidente regional Carles Puigdemont.

Torrent pediu que partidos políticos, sindicatos e grupos da sociedade civil façam coro aos protestos. Neste domingo, horas após a prisão de Puigdemont, um ato com milhares de pessoas em Barcelona terminou com 52 feridos e 3 presos.

"O governo espanhol está atacando o coração da democracias, fazendo um movimento contra todos seus adversários políticos. A Catalunha é um laboratório do que será usado contra a dissidência noutros lugares no país", afirmou Torrent.

Para o parlamentar, a Catalunha e a Espanha estão passando por seus momentos "mais sombrios" desde a retomada da democracia, há 40 anos.

Puigdemont foi preso no Estado alemão de Schleswig-Holstein na manhã de domingo, enquanto voltava de uma viagem à Finlândia.

Desde outubro, o líder separatista estava exilado na Bélgica. Ele foi condenado à prisão na Espanha pelo crime de secessão, após liderar o pedido de independência da Catalunha.

Para esta segunda-feira, é esperado que Puigdemont compareça a um tribunal regional de Schleswig-Holstein onde deverá ser expedido um mandado de extradição à Espanha. Fonte: Associated Press.