• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Espírito Santo é atingido por quase mil raios durante tempestade nesta segunda-feira

  • COMPARTILHE
Geral

Espírito Santo é atingido por quase mil raios durante tempestade nesta segunda-feira

Segundo o levantamento, 920 raios atingiram o Estado entre às 18h e 22h desta segunda-feira.

Quase mil raios atingiram o Espírito Santo durante a tempestade registrada na noite desta segunda-feira (05). A informação é do Climatempo. Segundo o levantamento, o número total de raios na região metropolitana foi de 920 raios entre às 18h e 22h desta segunda-feira. 

Deste total, 524 raios foram do tipo nuvem solo, que incidem diretamente no solo e podem atingir pessoas.  

Somente em Vitória, foram registrados 91 raios, sendo 55 nuvem solo. 

Leia também:
Previsão de chuvas intensas e tempestade de raios para esta terça-feira no ES
Tempestade com raios e trovões assusta capixabas na noite desta segunda-feira

Mais de 180 descargas por hora

De acordo com o Núcleo de Monitoramento de Descargas Atmosféricas, a incidência de raios no Espírito Santo chegou a mais de 180 descargas por hora na noite desta segunda-feira (05).


Descargas nuvem-solo

As descargas nuvem solo, como próprio nome diz, têm sua origem na nuvem e seu caminho final no solo. São as mais comuns em nosso cotidiano e por esta razão as mais estudadas. Este tipo de descarga pode ser subdividido em duas modalidades dependentes da sua polaridade, os negativos e os positivos.

As descargas nuvem solo negativas equivalem a cerca de 90% das emissões de raios desta natureza, estes se originam no interior das nuvens que são carregadas negativamente e são descarregadas no solo.

As descargas nuvem solo positivas são mais raras mais não improváveis, ela se da normalmente no tipo de nuvens chamadas de cúmulo-nimbo, que são nuvens de formato achatados e planos. Apesar de serem raras as descargas positivas se caracterizam por serem mais destrutivas do que as negativas podendo o pico de corrente chagar a marca dos 200kA enquanto que em descargas negativas a corrente de descarga inicial e tipicamente de 30kA.