• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Iconha decreta situação de emergência após forte chuva no município

  • COMPARTILHE
Geral

Iconha decreta situação de emergência após forte chuva no município

Na zona rural do município, várias barreiras obstruíram estradas

A Prefeitura de Iconha anunciou situação de emergência por conta da chuva que atingiu o município. 

De acordo com uma publicação feita no site da prefeitura, informações já estão sendo enviadas para o sistema da Defesa Civil para que a situação de emergência seja reconhecida a nível estadual e federal. O envio dos dados tem o prazo de 15 dias.

Segundo o prefeito João Paganini, a prioridade é a recuperação das estradas e pontes que dão acesso aos produtores rurais e ao escoamento da produção. Além disso, o Centro de Referência e Assistência Social está recebendo doações para as vítimas das enchentes. As famílias precisam de móveis, roupa de cama, colchões e alimentação. As comunidades com maior número de pessoas necessitadas são: Beira Rio, Ilha do Coco, Crubixá, Duas Barras e Bom Parto.

Quem quiser doar pode fazer contato pelo telefone (28) 3537-2962. No boletim divulgado pelo município, cerca de 180 famílias foram vítimas das enxurradas. Na zona rural do município diversas barreiras obstruíram estradas.

Confira as informações publicadas no site da prefeitura: 

Considerando as fortes chuvas que atingiram o município no último dia 17 (sábado), elevando o nível do rio em 4,5 metros a cima do normal causando enchente no município, o prefeito decretou estado de emergência em todo o município. A administração realizou um levantamento pela força tarefa no que se dizem as vítimas, danos e prejuízos incididos por todo o território de Iconha, informando em números que média de 180 famílias foram vítimas das enxurradas.

Danos significativos nas estradas rurais do município foram registrados, além da queda de 5 pontes deixando comunidades inacessíveis. A Secretaria de Agricultura disse que já está providenciando acessos e planejando pontes provisórias para os moradores das comunidades atingidas.

A Secretaria de educação registrou a entrada da enxurrada na Pré-Escola Astéria Siqueira Miranda, localizada no Centro da Cidade. Também o Espaço Cultural teve a oficina de artesanato, almoxarifado e garagem atingidas comprometendo pertences, instrumentos e objetos.