• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Wi-Fi nos postes de iluminação. Isso torna uma cidade inteligente?

  • COMPARTILHE
Geral

Wi-Fi nos postes de iluminação. Isso torna uma cidade inteligente?

Segundo o presidente da Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas, um parque de iluminação pública é o que a cidade precisa para ser inteligente

Wi-Fi nos postes de iluminação talvez seja o sonho de quem não consegue se desconectar da internet. Mas você sabia que essa implementação é apenas um pequeno passo para que a cidade se torne inteligente? De acordo com o presidente da Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas, André Gomyde, um parque de iluminação pública é o que a cidade precisa para alcançar o posto de inteligente.

"Atualmente todas as cidades caminham para se tornarem inteligentes. Para isso é necessário uma conexão de todas as tecnologias disponíveis como semáforos, câmeras de monitoramento, sensores de estacionamento, dentre outras. São séries de soluções para cada área que, quando se integram, se faz a cidade inteligente, porque ela passa a ter informações integradas fazendo com que a prefeitura construa uma gestão mais eficaz e economize recursos", fala André.

A infraestrutura tecnológica para alcançar a conexão das tecnologias citadas por Gomyde é o parque de iluminação pública. O primeiro passo para essa construção, segundo o presidente, é substituir as luminárias existentes nos postes por outras que sejam inteligentes, preparadas para transmissão de dados.

"Por um lado, essa tecnologia leva internet de alta velocidade para a população e, por outro, conecta todas as tecnologias existentes na cidade nessa rede. Quando o município dá o start para implementar essas luminárias inteligentes, ele está dando o primeiro passo para se tornar inteligente", afirma André.

Cidade digital não é inteligente

As cidades inteligentes são uma evolução das cidades digitais. Cidades digitais são cidades que têm diversas tecnologias, por exemplo: câmeras de videomonitoramento, transporte inteligente, sensor para estacionamento rotativo, prédios inteligentes... Todos esses equipamentos de tecnologia que estão em cada setor da cidade, compõem a cidade digital.

A cidade inteligente é aquela que conecta todas essas tecnologias em uma única plataforma, de maneira que a gestão da cidade seja feita com inteligência, eficiência e economizando recursos. De acordo com André Gomyde, atualmente há muita confusão sobre ser ou não uma cidade inteligente.

Segundo ele, as prefeituras implementam um transporte inteligente e dizem que a cidade é inteligente, mas ele garante que não é bem assim. Para ser uma cidade inteligente, o município tem que estar com a saúde, educação, segurança pública, mobilidade urbana e todos os outros setores conectados entre si para troca de informações e dados.