• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mães denunciam falta de enfermeiros no Himaba

  • COMPARTILHE
Geral

Mães denunciam falta de enfermeiros no Himaba

O gerente de enfermagem do hospital afirmou que não falta profissionais no pronto-socorro do hospital

Mães denunciam faltam enfermeiros no Hospital Infantil e Maternidade de Vila Velha (Himaba). O hospital diz que tem profissionais suficientes, mas o Conselho Regional de Enfermagem nega, e já acionou o Ministério Público.

A reclamação é por falta de profissionais de enfermagem. Para as mães não há profissionais suficiente para cuidar de todas as crianças que ocupam os leitos do setor de observação do pronto socorro. 

O Himaba pertence à rede de hospitais públicos estaduais e, desde outubro de 2017, passou a ser administrado por uma organização especializada em gestão hospitalar, a IGH. O contrato tem vigência de cinco anos. O repasse previsto nos primeiros 13 meses é de mais de R$ 76 milhões. O gerente de enfermagem do hospital afirmou não faltar profissionais no pronto socorro. "No momento o pronto socorro está completo", disse Rogério Martinelle.

Mas essa não é a conclusão do Conselho Regional de Enfermagem. Segundo a assessora de fiscalização do conselho, o hospital e a Secretaria Estadual de Saúde já foram notificados inúmeras vezes. A última foi em dezembro do ano passado. 

Por nota, a Secretaria Estadual de Saúde disse por nota que o número de profissionais no pronto socorro do Himaba está dentro da normalidade, e que está contratando novos profissionais, de acordo com a necessidade de cada setor. O Ministério Público Estadual informou que entrou com uma ação civil pública, pedindo a solução de várias irregularidades no Himaba. entre elas a falta de pessoal.

Assista a matéria completa: