• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Operadoras de celular alteram planos sem o aval do cliente

  • COMPARTILHE
Geral

Operadoras de celular alteram planos sem o aval do cliente

A mudança nos pacotes dos planos, sem aviso prévio, virou corriqueira

Aline Couto

Redação Folha da Cidade
Houve um aumento das denúncias contra esse tipo de prática nos últimos anos. 

Tem se tornado muito usual, por parte das operadoras de telefonia móvel, a prática de alterar o pacote contratado pelo cliente sem a permissão do mesmo. Seja para dobrar a internet, permitir ligações ilimitadas ou cancelamento do plano, a prática sempre causa um aumento no valor mensal pago.

Mesmo sem pedido ou aceitação do cliente, os consumidores tem seus pacotes de pós-pago e controle modificados, uma prática considerada indevida. Quando percebem, a única saída dos usuários, para tentar cancelar as mudanças e aumentos, é procurar os órgãos de defesa do consumidor.

A aposentada de Guarapari, Maria José Pinto, teve seu plano controle no valor de R$ 49,99 alterado para R$ 55,99 sem ela sequer imaginar. Ela só descobriu porque recebeu uma mensagem de operadora avisando sobre a mudança já feita.

Com as mudanças, o valor da conta também aumenta.

Dona Maria tentou ligar para operadora responsável por sua linha, mas obteve sucesso. “Eu desisti depois de várias tentativas, é muito difícil conseguir falar com eles. Tudo muito demorado e ineficiente”. Apesar de continuar insatisfeita com a mudança, a aposentada resolveu não seguir em frente. “Entrar no Procon demanda tempo, coisa que não tenho”, contou admitindo que a operadora acabou conseguindo o que queria.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), planos não solicitados pelos consumidores deveriam ser gratuitos, e o cliente não pode ser forçado a pagar por algo que não solicitou.

Dados

Nos três primeiros meses do ano, 144 consumidores registraram queixas contra as operadoras no Consumidor.gov e na Anatel, para relatar a troca de plano sem aviso prévio. Em 2017, foram 920 reclamações contra 879 do ano anterior, um aumento de 4,66% na quantidade de denúncias relacionadas a esse tipo de abuso.