• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Preço da gasolina não cai nos postos da Grande Vitória e capixabas reclamam do valor

  • COMPARTILHE
Geral

Preço da gasolina não cai nos postos da Grande Vitória e capixabas reclamam do valor

O advogado do Sindipostos, Carlos Augusto da Mota Leal, disse que os preços variam de acordo com cada empresa

Vários motoristas estão reclamando dos preços da gasolina comercializado na Grande Vitória nas últimas semanas. Os proprietários dos postos justificam o reajuste por conta do risco de desabastecimento no início do mês. O abastecimento foi prejudicado porque o navio que traz o produto ficou aguardando para atracar em Vitória. Mas mesmo com a situação normalizada, os preços não caíram.

Para falar sobre o assunto, na manhã desta terça-feira (23), a equipe do programa ES no Ar, da TV Vitória/ Record TV, conversou com um representante do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Espírito Santo (Sindipostos-ES). 

O advogado do Sindipostos, Carlos Augusto da Mota Leal, disse que os preços variam de acordo com cada empresa. "A situação do atracamento foi um fator eventual que aconteceu nas duas últimas semanas, impactando diretamente na oferta, e isso tem uma consequência natural na procura. Os preços que são praticados pelos postos de combustíveis, nas empresas varejistas de combustíveis, são preços livres. Cada empresa tem as suas estratégias e seus custos. Um fator que tem influência direta no preço de varejo e no preço fixado pelos postos de combustíveis, é o preço da distribuidora, preço de atacado".  

A equipe do programa percorreu dez postos de combustíveis, e a média encontrada foi de R$ 4,07. Carlos Augusto explicou o motivo dos preços se aproximarem. "A origem do petróleo é um monopólio, portanto, o preço originário do produto matricial dos produtos de combustíveis é único. As refinarias praticam os preços bastante paralelos diante do monopólio originário. Então, quando você tem um preço que parte do início único e os custos tributários são equivalentes, as variações que existem estão diretamente ligadas as estratégias da situação do mercado e os custos individuais de cada empresa", ressaltou. 

Na maior parte dos postos da Grande Vitória, o preço da gasolina comum passa dos R$ 4. Em um posto em Cobilândia, Vila Velha, a gasolina é vendida a R$ 4,09 o litro. Antes do reajuste, o motorista podia abastecer a R$ 3,69. Em outro posto na Praia da Costa, um centavo de diferença, R$ 4,08. No início do mês o litro custava R$ 3,79. Em Cariacica o valor é bem parecido. Em um posto às margens da BR- 262, o combustível custa R$ 4,09. Antes era R$ 3,65, mais de R$ 0,50 de reajuste. Mas no município também é possível encontrar a gasolina abaixo dos R$ 4, como em outro posto que fica no bairro Campo Grande, que tem gasolina a R$ 3,89. Antes do reajuste, o preço do litro era mais em conta, R$ 3,79. 

Assista a entrevista completa